Lançada boneca Milena, da Turma da Mônica: representatividade

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Turma da Mônica lançou a boneca Milena para inspirar as novas gerações com representatividade e empoderamento.

A personagem é uma das integrantes mais recentes da turminha e chega em uma versão cheia de atitude.

A nova moradora do Bairro do Limoeiro é produzida em vinil e tem 25 cm de altura. Milena tem cabelos encaracolados, roupas coloridas e já faz parte da coleção Turma da Mônica Clássicos, produzida em parceria com a Sid-Nyl.

Agora, ela se junta à turminha com Mônica, Magali, Cebolinha e Cascão.

Para Mônica Sousa, diretora executiva da Turma da Mônica e filha de Maurício de Sousa, trabalhar a representatividade é algo fundamental para a empresa e uma jornada que está apenas começando.

Segundo o levantamento Cadê Nossa Boneca, da organização Avante – Educação e Mobilização Social, as bonecas pretas representam apenas 6% do total de modelos fabricados no Brasil.

ONU Mulheres

Milena foi a primeira personagem a ser apresentada ao público em sua versão ao vivo antes mesmo de chegar aos quadrinhos, no final de 2017, na Corrida Donas da Rua.

Desde então, vem ganhando espaço nos corações dos fãs da turminha. O lançamento da personagem e de sua família surgiu no âmbito do Donas da Rua, liderado por Mônica Sousa.

Com apoio da ONU Mulheres, o projeto incentiva o empoderamento das meninas e a igualdade de direitos e oportunidades.

“Milena já chegou conquistando a todos nas histórias da Turma da Mônica. Ter uma boneca da personagem era um sonho desde seu lançamento, em 2017. É gratificante contar com um licenciado que se junta a nós para torná-lo realidade. A boneca está linda e com o jeitinho da Milena. Espero que ela seja tão bem recebida quanto a personagem foi pela Turma da Mônica no Bairro do Limoeiro”.

Vendas

Ela está à venda em todo território nacional, nas principais lojas do varejo e online, por meio dos marketplaces. O valor de venda está na faixa de R$60.

A boneca Milena e a coleção Turma da Mônica são para crianças acima dos três anos. Clique no link para mais informações.

Por Andréa Fassina, da redação do Só Notícia Boa – Com informações de Passeios Kids