Dia do Abraço: profissionais da saúde se abraçam e se emocionam no PR [vídeo]

1639
Vanessa se emociona ao poder abraçar Marli novamente - Foto: reprodução / @hospitalmarcelinochampagnat
Vanessa se emociona ao poder abraçar Marli novamente - Foto: reprodução / @hospitalmarcelinochampagnat

Nunca foi tão estranho comemorar o dia do abraço sem poder abraçar as pessoas que a gente gosta! Quem imaginaria que ficaríamos mais de um ano sem esse gesto caloroso de apertar e sentir no peito amigos, amores e parentes?

Mas um hospital de Curitiba, no Paraná, encontrou um jeito seguro para reaproximar o pessoal que trabalha na linha de frente: instalou cortinas do abraço em várias alas e agora eles podem aliviar a saudade e também a dura rotina que enfrentam desde o ano passado. E as reações ao abraçarem novamente foram comoventes. (vídeo abaixo)

“Fez um bem para mim! Às vezes um abraço é mais importante do que você falar uma palavra. O abraço é aquela sensação do calor humano, da pessoa dar uma força, uma proteção. É maravilhoso”, disse a enfermeira Marli Kolling em entrevista ao Só Notícia Boa.

Emoção

A direção do Hospital Marcelino Champagnat fez as cortinas do abraço para quebrar o afastamento exigido pela Covid-19 porque sabe que o pessoal da linha de frente precisou manter o distanciamento da família, dos amigos e até dos colegas de trabalho, durante todo esse tempo.

E um dos abraços, entre colegas Vanessa Ramos e Córdoba Hinz, que se conhecem há 20 anos, foi emocionante.

“Foi uma sensação ótima. O abraço é um aconchego, um carinho, é o estar perto. É você sentir a outra pessoa do lado, então não tem preço. A gente precisa!”, contou Vanessa Ramos, coordenadora de enfermagem das unidades de internação do Hospital Marcelino Champagnat.

“Conheci a Córdola na UTI do hospital. Ela é uma pessoa que ajuda todo mundo, brigava muito pelos pacientes, por todos os cuidados que eles precisavam […] Encontrei com ela esses dias no vestiário e quase não me contive. É muito difícil não poder dar um abraço apertado em quem a gente gosta e admira” contou Vanessa.

Emocionada, Córdoba agradeceu pela oportunidade de abraçar novamente a amiga: “Eu gostei, todas unidas”, disse.

A cortina do abraço

A estrutura da cortina do abraço é fabricada com cortina de PVC transparente com adaptação dos braços dos dois lados, material que impede a propagação do vírus.

Depois do uso, elas são rigorosamente higienizadas para que possam ser usadas por mais duas pessoas que se gostam.

A ideia

A ideia da cortina do abraço foi, inicialmente para comemorar a Semana da Enfermagem.

Dos dias 12 a 14 de maio, cortinas de abraços itinerantes foram instaladas em alas dos hospitais Marcelino Champagnat e Cajuru, também em Curitiba.

E o sucesso foi tanto que a ideia se repete nesta sexta, 22, Dia do Abraço, para levar carinho em forma de força para que os profissionais da saúde se mantenham firmes nessa longa e importante missão de salvar vidas!

Assista:

Cortina do abraço permite que profissionais da saúde matem saudade dos colegas - Foto: reprodução / @hospitalmarcelinochampagnat
Cortina do abraço permite que profissionais da saúde matem saudade dos colegas – Foto: reprodução / @hospitalmarcelinochampagnat