Menina de 2 anos de Q.I. elevado entra para elite de gênios

Foto: Instagram
Foto: Instagram

Um gênio de apenas 2 anos acaba de entrar para a MENSA América – Organização Mundial que mede Q.I. – quoeficiente de inteligência.

A californiana Kashe Quest é capaz de reconhecer, por exemplo, todos os 50 estados dos EUA apenas olhando o mapa e nomear rapidamente cada elemento da tablea periódica olhando para os símbolos.

Kashe tem QI elevado de 146 e por isso, tornou-se recentemente o membro mais jovem da organização internacional de alto QI, que admite apenas 2% da elite dos intelectuais.

Primeiros sinais

A menina mostrou habilidades linguísticas avançadas muito além da maioria dos coleguinhas e  os pais de Kashe, Devin e Sukhjit Quest, fizeram um checkup pediátrico da filha aos 18 meses, que confirmou as suspeitas.

“Ela sempre nos mostrou, mais do que qualquer coisa, a propensão de explorar os arredores e fazer a pergunta ‘Por quê? […] Se ela não sabe algo, ela quer saber o que é e como funciona e, uma vez que aprende, ela o aplica”, disse Devin.

Devin e Sukhjit decidiram testar o QI para que a garotinha tivesse um ambiente de aprendizagem mais produtivo para ela.

“Acho que o que mais aprendemos com isso foi que queríamos ter certeza de que estávamos dando a ela tudo de que ela também precisava, em termos de desenvolvimento, curiosidade natural e disposição – e queríamos ter certeza de que faríamos nossa parte para fazer isso acontecer para ela ”, disse Sukhjit à CNN.

Vida normal

Embora ela seja dotada de um QI de gênio, o melhor para a garotinha será interagir com crianças da própria idade.

Para isso, Sukhjit abriu recentemente a pré-escola Modern Schoolhouse em sua casa e já tem uma dúzia de alunos matriculada, com planos de expansão para uma instalação maior.

“Ela é uma criança no coração e queremos manter essa beleza enquanto pudermos”, disse Sukhjit.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by @itsmejit

Com informações do GNN