Garoto vende coleção de Pókemon para salvar cão e ganha R$ 138 mil

Bryson queria salvar cão, diagnosticado com doença contagiosa - Foto: arquivo pessoal
Bryson queria salvar cão, diagnosticado com doença contagiosa - Foto: arquivo pessoal

Só tem uma coisa que o pequeno Bryson Kliemann, de oito anos, ama mais que a coleção de cartas do Pókemon: o cãozinho dele de estimação, o Bruce.

Para salvar o animal, ele resolveu vender toda a coleção. A atitude comoveu muita gente e, através de uma vaquinha online, Bryson recebeu US $ 27 mil (aproximadamente R$ 138 mil) em doações.

A família precisava de US $ 700 (aproximadamente R$ 3.6 mil) para pagar o tratamento do cachorro. Como não tinha recurso, o menino viu nas cartas a possibilidade de não perder o cãozinho.

Cão tinha doença contagiosa

Bruce ainda é um filhote e foi diagnosticado com Parvovirose Canina, uma doença contagiosa provocada por vírus, que pode matar.

Sem condições financeiras para o tratamento, Bryson fez uma pequena barraquinha do lado de fora da casa com uma placa “4sale Pokémon” (para venda Pokémon).

O pai do garoto tirou uma foto dele todo focado, trabalhando para ter dinheiro e pagar o tratamento do filhote.

A história foi compartilhada pela mãe de Bryson, Kimberly e acabou viralizando, principalmente entre os fãs de Pokémon TCG.

Vaquinha

Com tanto compartilhamento nas redes sociais, alguns fãs de Pókemon começaram a procurar a família de Bryson, para doar algum valor e evitar que o garoto precisasse vender a coleção.

Uma vaquinha foi aberta no site GoFundMe e chegou a arrecadar mais de US $ 27 mil em alguns dias.

E deu certo! Bryson e a família conseguiram salvar a vida do cachorro, que ficou cerca de uma semana em tratamento no veterinário.

O dinheiro que sobrou da cirurgia de Bruce e das vacinas, será doado para outras famílias que não têm condições financeiras para cuidar de seus animais de estimação.

Recompensa

Para que Bryson não ficasse com a coleção incompleta, já que tinha vendido algumas cartas, a The Pokémon Company, responsável pela marca Pókemon, entrou em contato com a família do garoto para enviar as cartas que estavam faltando.

Bryson também recebeu outros mimos da The Pokémon Company. Os funcionários enviaram uma cópia do Pokémon Battle Academy, que contém um tabuleiro, um guia, livro de regras e outros produtores para que a experiência de batalha com cartas fique mais completa.

Olha a carinha de alegria dele!!!

Bryson vendendo as cartas - Foto: arquivo pessoal
Bryson vendendo as cartas – Foto: arquivo pessoal
Coleção completa - Foto: arquivo pessoal
Coleção completa – Foto: arquivo pessoal

Com informações de Pais & Filhos.