Pintor comilão “expulso” de rodízio vira garoto-propaganda e paga dívidas

6777
João Carlos recebeu várias propostas, inclusive do restaurante que o
João Carlos recebeu várias propostas, inclusive do restaurante que o "expulsou" - Foto: reprodução / Instagram

Humilhados serão exaltados, né? Sim, aconteceu de novo. Agora foi com o pintor comilão que ficou famoso por comer 14 pratos de massa e ser “expulso” de um restaurante em São Paulo – a casa nega a expulsão.

Depois de ser “convidado a se retirar” de uma loja da rede Ragazzo, o pintor João Carlos Apolonio, de 29 anos, teve uma reviravolta positiva na vida.

Ele gravou um vídeo brincando com a própria história. A gravação viralizou e ele passou de pintor a garoto propaganda. E o curioso é que uma das campanhas que ele foi contratado para fazer é justamente no restaurante que o expulsou.

Agora João vai poder pagar o aluguel e as dívidas da família.

A história

João Carlos mora no Capão Redondo, um dos bairros mais pobres de São Paulo, e trabalha como pintor para sustentar as duas filhas.

Durante a pandemia João Carlos perdeu o emprego e, com pouco dinheiro no bolso, conseguiu um “bico” no bairro do Ipiranga, mas sofria para comer com os preços elevados praticados pelos restaurantes de lá.

Então ele foi a um restaurante que oferecia rodízio de massas pelo preço de R$ 19,90 e comeu nada menos que 15 pratos. Por isso, foi convidado a se retirar do local.

Um vídeo e a virada

João Carlos gravou um vídeo bem-humorado contando o que havia acontecido e a gravação viralizou nas redes sociais.

A fama repentina rendeu frutos ao pintor, que foi convidado para ser garoto-propaganda em diversas ações de marketing.

“Agora eu tenho um pessoal me assessorando e comecei a ganhar um dinheiro”, disse ele ao Extra.

Dinheiro que vai ajudar a pagar as contas da família.

Convite do restaurante que o expulsou

Com fama de “comilão”, o pintor de 29 anos ganhou mais de 40 mil seguidores nas redes sociais e muitos convites para eventos.

O mais recente foi para participar do “Desafio das Massas”, uma promoção que, ironicamente ou não, é oferecida pela mesma rede de restaurantes da qual foi convidado a se retirar por comer demais.

No desafio, os consumidores devem tentar superar os 15 pratos de João Carlos.

“Estou curtindo demais. Muita gente está tentando, até agora só uma pessoa conseguiu alcançar minha marca” revelou João Carlos ao Extra.

Pela imagem dela na campanha, João vai receber quase R$ 8 mil.

E pelo jeito, o tempo das vagas magras acabaram para João.

Ele contou que continua recebendo convites de lojas de tinta, de materiais de construção e de construtoras para ser garoto-propaganda.

Com informações do Extra