Alison Pio vence timidez e conquista medalha de bronze em Tóquio

1272
O brasileiro Alison dos Santos conquistou o bronze Olimpíadas de Tóquio - Foto: Lucy Nicholson/Reuters
O brasileiro Alison dos Santos conquistou o bronze Olimpíadas de Tóquio - Foto: Lucy Nicholson/Reuters

E pensar que o Alison Pio demorou para ingressar no atletismo pela timidez, a vergonha que tinha de mostrar as marcas de queimadura na cabeça. E hoje, mais do que o trauma, ele superou corredores internacionais e conquistou medalha de bronze na prova dos 400 metros com barreiras nas Olimpíadas de Tóquio.

Foi a primeira medalha do atletismo brasileiro nessa edição das Olimpíadas.

Com 10 meses de vida, uma panela de óleo quente caiu sobre Alison dos Santos e provocou queimaduras de terceiro grau.

Por muito tempo, Alison só usava boné para esconder as cicatrizes na cabeça e no rosto.

Aos 14 anos ele foi chamado para treinar pelo projeto social de atletismo da sua cidade natal, São Joaquim da Barra, no interior paulista, mas não atendeu ao convite pela timidez.

Como o porte físico do menino de 14 anos, com 1,85 m (hoje, aos 21, ele tem 2,00 m de altura) era muito bom na época, o convite foi renovado e nascia alí esse orgulho do Brasil.

Assista:

Alison conquistou bronze nos 400m com barreiras nas Olimpíadas de Tóquio — Foto: REUTERS/Aleksandra Szmigiel
Alison conquistou bronze nos 400m com barreiras nas Olimpíadas  — Foto: REUTERS/Aleksandra Szmigiel
Alison mostra a medalha que conquistou em Tóquio - Foto: REUTERS/Aleksandra Szmigiel
Alison mostra a medalha que conquistou em Tóquio – Foto: REUTERS/Aleksandra Szmigiel

Com informações do GE