Com ajuda do Só Vaquinha Boa, menina faz cirurgia de catarata

353
Lais fez a cirurgia de catarata após a campanha no Só Vaquinha Boa - Foto: divulgação
Lais fez a cirurgia de catarata após a campanha no Só Vaquinha Boa - Foto: divulgação

Finalmente a Lais conseguiu realizar a cirurgia de catarata e já está enxergando! De Belford Roxo, no Rio de Janeiro, essa garotinha de 8 anos já estava com 90% da visão comprometida, quando lançamos uma campanha no Só Vaquinha Boa, em setembro.

Com ajuda de todos, conseguimos arrecadar R$ 15 mil em apenas dois dias. Com o dinheiro, a família dela pagou todo o processo cirúrgico, que incluiu os exames, a operação no olho e o acompanhamento oftalmológico, realizado pela clínica OftalmoCasa.

A Dra. Julia Heringer, que está acompanhando a Laís nesse processo, disse ao Só Notícia Boa que a recuperação da Laís surpreendeu.

“A visão que ela está hoje, já é considerada uma visão normal. A medida da visão está bem boa”, comentou a oftalmologista.

Relembre a história da Lais

A Lais foi diagnosticada com catarata infantil há alguns anos. Como é de família humilde, nunca teve condições de realizar a cirurgia.

A família da garota chegou a tentar uma cirurgia pelo Hospital do Olho de Duque de Caxias, mas após os exames, nunca chamaram para o procedimento.

Por causa da catarata, a menina ficou com a educação comprometida. Ela não conseguia acompanhar as aulas, o que preocupou muito a mãe.

“Em 2020 por conta da pandemia, nós não conseguimos escola para ela e ela acabou por ficar um ano sem estudar. Agora em 2021 com a ajuda da minha patroa, ela finalmente está sendo alfabetizada”, explica Vanessa, mãe da Lais.

A história da Lais chegou até nós através da Cláudia Alves, filha da dona Francisquinha, a vovó que tem Alzheimer e ficou famosa nas redes sociais com os vídeos que grava para o perfil @obomdoalzheimer. A mãe da Laís é cuidadora da dona Francisquinha.

Recuperação

A oftalmologista comemorou muito o sucesso do procedimento e disse que a Laís é uma garotinha muito esperta.

“Ela é uma menina muito legal! E muito, muito esperta! Já estou convencendo de fazer medicina e virar oftalmologista!”, disse

A Dra. Julia explicou que ainda é preciso esperar alguns meses, para que o diagnóstico definitivo seja traçado.

Ela contou que é comum, em casos de catarata infantil, a criança ter algum inchaço na visão, o que ainda não ocorreu com a Laís e está sendo comemorado pela equipe.

Laís logo após o procedimento - Foto: divulgação
Laís logo após o procedimento – Foto: divulgação
Lais e Dra. Julia - Foto: divulgação
Lais e Dra. Julia – Foto: divulgação