Estudante pede emprego nas ruas e ganha apoio de internautas

945
estudante-cartaz-emprego-vaquinha

Roberta Saraiva de Oliveira, 38 anos, está no último ano da faculdade de Letras pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e há 3 meses, foi para as ruas do Rio de Janeiro pedir emprego.

A estudante vive apenas com um pequeno auxílio-moradia da faculdade. Com ele, consegue pagar somente o aluguel e as contas básicas de casa. Com a pandemia, não tem conseguido extras com aulas particulares.

Ela tem passado por humilhação e desespero. Ela nos contou que muitas vezes, não sobra dinheiro para se alimentar e acaba contando com doações de amigos. Para ajudá-la a se manter, até que consiga uma oportunidade, abrimos a vaquinha no Só Vaquinha Boa. Clique aqui para ajuda a Roberta.

Estudante está aceitando emprego em qualquer área

A estudante já bateu de porta em porta em dezenas de empresas, mas sempre recebe um “não”.

Ela está aceitando emprego em qualquer área. Inclusive, já se ofereceu para fazer faxina, mas as empresas dizem que seu currículo é muito bom para estar “limpando chão”.

“Para mim não tem essa, é emprego e preciso muito”, desabafou.

Infelizmente, apareceram propostas indecentes

Apesar da repercussão da sua foto com o cartaz, ainda não apareceu uma oportunidade de emprego digna. Infelizmente, o que tem aparecido, são propostas de trabalhos indecentes…

“A pessoa falou que era para trabalhar como secretária e chegou na hora, era para outra coisa”, desabafou.

A vaquinha será para ajudá-la no sustento, por pelo menos 6 meses, até que consiga finalmente um emprego. Esse é o seu maior desejo para o próximo ano.

Vamos dar essa força à Roberta? Clique aqui e acesse a vaquinha!