EUA aprovam “bafômetro” capaz de detectar Covid

-
Por Jéssica Souza
Compartilhar
Imagem de capa para EUA aprovam “bafômetro” capaz de detectar Covid
O “bafômetro” denominado InspectIR Covid-19, foi avalidado em um grande levantamento com 2.409 voluntários. Foto: Reprodução/FDA

Chega daquele exame horroroso de enfiar haste de plástico no nariz! A FDA, agência norte-americana que regula comidas e medicamentos, aprovou um aparelho similar ao bafômetro para detectar Covid em menos de 3 minutos.

Esse é o primeiro teste feito a partir de amostras respiratórias. O novo aparelho será utilizado sob a supervisão de um profissional de saúde, licenciado ou autorizado por lei estadual.

“A autorização de hoje é mais um exemplo da rápida inovação que ocorre com testes de diagnóstico para Covid-19. A agência continua apoiando o desenvolvimento de novos testes, com o objetivo de avançar tecnologias que possam ajudar a enfrentar a atual pandemia e posicionar melhor os EUA para a próxima emergência de saúde pública”, disse Jeff Shuren, diretor do Centro de Dispositivos e Saúde Radiológica da agência americana FDA.

Grandes resultados com o aparelho

O “bafômetro” denominado InspectIR Covid-19, foi avalidado em um grande levantamento com 2.409 voluntários, incluindo pessoas com e sem sintomas.

No estudo, o teste mostrou ter 91,2% de sensibilidade (porcentagem de amostras positivas que o teste identificou corretamente) e 99,3% de especificidade (porcentagem de amostras negativas que o teste identificou corretamente).

Amostras mais rápidas

A InspectIR, empresa que desenvolveu o produto, espera produzir aproximadamente 100 unidades da ferramenta por semana.

Elas poderão ser usadas para produzir, aproximadamente, 160 amostras por dia, cada uma.

Nesse nível de produção, espera-se que a capacidade de teste usando o bafômetro aumente em aproximadamente 64.000 amostras por mês.

Com informações de Ig Saúde