Policial que tem filho com TEA salva menino autista de afogamento e ganha homenagem; Vídeo

-
Por Renata Giraldi
Imagem de capa para Policial que tem filho com TEA salva menino autista de afogamento e ganha homenagem; Vídeo
O que ajudou o policial a salvar o menino autista do afogamento foi o fato de ser pai garoto com TEA e saber lidar com crianças com essa condição - Foto: Miami Police Department / Facebook

Um policial recebeu um chamado de urgência e conseguiu salvar um menino autista de um afogamento. A agilidade do agente e a habilidade em lidar com o garoto, que tem características próprias, renderam uma homenagem especial de uma ONG (organização não governamental) que cuida de pessoas especiais.

Sensibilizado com o resgate do menino, de 10 anos, e lisonjeado com a homenagem, o policial  Ernesto Fernandez, de Miami (EUA), confidenciou que o que o ajudou foi o fato de ter um filho diagnosticado como autista, sendo enquadrado no TEA (Transtorno do Espectro Autista).

Com atenção e muito cuidado, o policial respeitou as características próprias do menino autista e prestou os primeiros atendimentos. Imagens mostram o momento em que o agente salva o garoto e o coloca no carro.

Operação resgate

Nas imagens, não aparecem os rostos de Ernesto e do outro colega policial, o rosto do menino autista está borrado para preservá-lo. Mas é possível acompanhar toda a operação de resgate.

O garoto é colocado com segurança no assento do carro da viatura policial, enquanto o policial aparece com o uniforme molhado.

A conversa entre os dois policiais é rápida e a ação mais ágil ainda.

O cuidado do policial Ernesto também ganhou elogios da chefia.

“Você olha para uma incidência [sic] como essa e o poder que ela tem não apenas para os envolvidos, mas para a comunidade em geral, é um momento incrível e tocante”, disse o chefe de polícia Manuel Morales.

Leia mais notícia boa

Homenagem

Em 2 de agosto, o policial Ernesto Fernandez recebeu uma homenagem, em cerimônia promovida pela ONG Friendship Circle Miami, que se destina a acolher pessoas com necessidades especiais.

“Eu sei que você pulou do carro porque sabia o que aquela criança realmente é”, disse o rabino Yossi Harling, do Friendship Circle Miami, em um discurso.

“Um dos maiores medos que os pais têm ao criar um filho no espectro – e se você está criando um filho, sabe exatamente do que estou falando – é que seu filho estará em algum lugar e a pessoa não entenderá sua ação”, afirmou rabino.

Assista ao vídeo do policial salvando o menino autista de afogamento:

Com informações do GNN