No mundo da lua: sonhar acordado melhora a criatividade e a memória

2937
sonhar_acordado
sonhar_acordado
O ato de sonhar acordado aumenta a criatividade e ajuda as pessoas a resolverem problemas complexos.
A conclusão é de pesquisadores das universidades da Califórnia e de British Columbia, nos EUA e Canadá, e do Max Planck Institute, na Alemanha.
Os voluntários fizeram dois testes.

Entre eles tiveram de efetuar uma de quatro coisas: completar uma tarefa exigente, que lhes ocupasse a mente; completar uma tarefa pouco exigente, que desse às suas mentes a possibilidade de divagar; fazer um intervalo de 12 minutos ou saltar o intervalo e regressar ao teste.

Os resultados do estudo, publicado na revista científica Psychological Science, mostraram que o único grupo que obteve um melhor desempenho no segundo teste foi aquele cujos membros completaram, pelo meio, uma tarefa pouco exigente. 
As pessoas desse grupo revelaram ter tido muito tempo para sonhar acordados, o que faz os investigadores acreditarem que isto os ajudou a pensar de forma mais criativa.
Este é o terceiro estudo que demonstra os benefícios de sonhar acordado.
Outros dois trabalhos tinham já comprovado que quem sonha acordado tende a ter uma melhor memória de trabalho e até a ser mais inteligente, além de que este hábito ajuda os “sonhadores” a retirar ilações de experiências anteriores e a prepararem-se para lidar com o mundo.
Com informações do Boas Notícias.