Governo intervém e exige que banda larga fixa ilimitada continue

1136
Foto: reprodução/Tecnoblog
Foto: reprodução/Tecnoblog

Fim da polêmica! O governo federal avisou que vai dar um basta e exigir que as operadoras ofereçam, sim, internet fixa ilimitada, ao contrário do que anunciou esta semana a Anatel.

Reportagem do jornal Folha de S.Paulo, desta quarta-feira, 20, conta que as empresas terão de assinar um termo de compromisso concordando com a exigência.

O documento determina, entre outras coisas, que as operadoras devem vender pacotes de internet sem limite de consumo; não poderão alterar contratos já em vigor; e precisam desenvolver uma ferramenta para que cada usuário conheça seu perfil, confira o consumo mensal de dados e saiba quando a franquia estiver chegando ao fim.

Isso não significa que as empresas estejam proibidas de vender pacotes com franquia, apenas que elas serão obrigadas a contar com uma oferta ilimitada, também.

O ministro das Comunicações, André Figueiredo, confirmou à Folha que o governo está intervindo no assunto e informou que a polêmica deve ser encerrada entre a próxima semana e a primeira de maio.

A Anatel, Agência Nacional de Telecomunicações – autora do anúncio que irritou os internautas brasileiros, de que a a internet fixa ilimitada acabaria –  também será enquadrada, porque receberá recomendações do governo sobre como atuar na questão.

Com informações da Folha