Gari pula no rio e “salva” boneca de menina autista: herói

Foto: reprodução / FacebookFoto: reprodução / Facebook

Um homem arriscou a própria vida para resgatar uma boneca de uma menina autista, que caiu em um rio.

O caso aconteceu na semana passada em Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo.

A menina Alícia Ribeiro – que é autista e tem 4 anos – estava com sua mãe, Lucelene Ribeiro, na calçada da Avenida Beira Rio. Ao lado passa o Rio Itapemirim.

A criança deixou sua boneca mais querida cair no rio e se desesperou ao ver o brinquedo indo embora na correnteza.

“Pedi ajuda aos pescadores, mas ninguém se prontificou. Um rapaz virou para este senhor, apelidado de Negão, e pediu ajuda. Ele saiu correndo em direção ao Tiro de Guerra, pulou na água e conseguiu pegar a boneca. Depois nos desencontramos”, contou ela à Gazeta Online.

O herói

Começou então uma outra procura: achar herói na cidade. Lucelene usou as redes sociais e conseguiu encontrá-lo através de uma amiga.

Ela foi até o bairro do Guandu, e ficou emocionada com o homem, que havia guardado o brinquedo.

“Ele é um homem muito humilde e não aceitou recompensa nenhuma. Fiquei sabendo depois que ele sempre ajuda as pessoas. Minha filha não fala, mas ficou sem acreditar que era sua boneca”, contou.

O nome dele é Sindronílio Caetano Silva, um gari conhecido como Sidró.

Ele nadou por vários metros para resgatar a boneca e nessa, acabou perdendo seu CPF, por isso se desencontrou da dona do brinquedo.

Gratidão

“Foi um gesto muito nobre da parte dele. Merece ser abençoado por Deus por ter um coração tão generoso. É uma pessoa excelente”, disse.

A menina Alícia abraçou Sidró, num gesto de agradecimento, quando recuperou sua boneca.

“Ainda há esperança para esse nosso mundo! Eu serei eternamente grata”, disse a mãe nas redes sociais

Com informações da GazetaOnline e AquiNotícias

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.