Vídeo de crianças dividindo lanchinho viraliza nas redes

8746
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Um experiência que ensina crianças a dividir com o amiguinho está viralizando nas redes sociais.

O vídeo gravado em sala de aula nesta segunda-feira, 21, pela professora Kalinca Landim, da Creche Casa da Criança, em Araçatuba, interior de São Paulo, está emocionando os internautas.

Está com 6 milhões de visualizações, em 48 horas, na página da Creche no Facebook e crescendo cada vez mais.

O vídeo

É uma experiência feita com crianças da educação infantil. Elas são colocadas numa cadeira lado a lado, de olhos fechados e com um prato tampado.

Quando abrem os olhos e destampam o prato, elas percebem que uma tem lanche –  uma banana – e a outra não.

O que elas fazem é que emociona.

Umas choram, outras colocam a metade da banana no prato do outro amiguinho… algumas demoram para tomar a atitude, outras são estimuladas.

Mas todos os alunos acabam num só desfecho: a solidariedade.

A auxiliar da direção da creche, Márcia Camila, disse ao SóNotíciaBoa que “a experiência faz parte do semanário das atividades pedagógicas e o intuito é incentivar as crianças sobre a importância da divisão”.

A professora Kalinca explicou pra gente que viu a atividade numa escola americana, só que com alunos maiores.

Ela decidiu fazer com os menores de 2 a 3 anos de idade e deu certo.

“Não precisei fazer mais de uma vez pra fazer a gravação”, comemorou a professora.

“Fiz pensando em trabalhar a divisão. Lá na frente quando eles estiverem no ensino fundamental pode acontecer deles ou algum amigo não ter o dinheiro para o lanchinho”, explicou.

A creche

A Creche Casa da Criança é uma instituição filantrópica que atende 111 crianças da comunidade de graça, em parceria com a prefeitura de Araçatuba.

Na classe da professora Kalinka são 25 crianças, coordenadas pela diretora Elaine Paula.

Repercussão

Márcia Camila disse que todos estão espantados com a repercussão do vídeo, incluindo os pais e a professora Kalinca, que deu a atividade para a crianças.

Os pais  comentaram no grupo da classe no Whatsapp que tem parentes na capital São Paulo que estão ligando pra parabenizá-los e os elogios não param.

“Eu levei um susto quando vi o número de visualizações. Não achei que ia ter tanta repercussão. Foi muito gratificante e estou muito feliz”, revelou a professora ao SNB.

“Foi um presente esse reconhecimento. A gente tem que se preocupar com a nova geração, com a formação de cidadãos que se preocupem em ajudar outros cidadãos”, disse emocionada.

Veja agora a postagem e o vídeo que está viralizando.

É emocionante saber que o coração das crianças é puro e solidário:

Por Andréa Fassina, da redação do SóNotíciaBoa