Plantas no trabalho reduzem estresse e melhoram ambiente, diz pesquisa

Fotos: pixabayFotos: pixabay

Mais do que embelezar, as plantas também servem para melhorar o bem estar no ambiente de trabalho. Elas ajudam a recuperar rapidamente contratempos e desgostos, reduzem estresse e batimentos cardíacos.

É o que mostra uma pesquisa da Universidade de Hyogo, Japão, coordenada pelo professor Masahiro Toyoda.

Esta é a primeira vez que se verifica cientificamente o grau de impacto psicológico e fisiológico induzido pelas plantas de interior, de acordo com os pesquisadores.

Ambiente real

Os pesquisadores calcularam a redução do estresse de funcionários reais em escritórios reais.

Os 63 participantes escolheram um tipo – de 6 diferentes – de planta pequena para manter em suas mesas, incluindo folhagens comuns, plantas de bonsai, cacto de São Pedro, kokedama, entre outros.

Cada participante deveria colocar o vaso em sua mesa, próximo ao monitor do computador, para que a plantinha ficasse sempre à vista.

Quando as coisas davam errado, os participantes tinham que parar de pensar no problema, voltar-se para a plantinha, cuidar dela, ou regá-la e dedicar pelo menos três minutos a essa tarefa.

Num outro período de controle, as plantas simplesmente ficavam lá, sem qualquer intervenção, estivesse o clima emocional bom ou ruim.

Resultado

A pequena interrupção para cuidar das plantas provocou melhores resultados, com uma queda significativa nas medições de estresse e batimentos cardíacos.

Tanto o envolvimento ativo quanto o passivo foram considerados benéficos pelos participantes.

Toyoda e sua equipe sugerem aos empresários que pequenas plantas de interior podem ser econômicas e úteis nos esforços para melhorar as condições de trabalho para os funcionários de escritório.

Além disso, para os cultivadores de plantas de interior e proprietários de empresas de varejo, o campo da saúde mental dos trabalhadores de escritório poderia abrir um novo mercado promissor.

Não houve diferenças nos resultados com os diferentes tipos de plantas. Assim, o conselho é que cada um escolha a planta que mais lhe agrada.

Com informações do Diário da Saúde

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.