Alunos de Brasília viralizam com alerta contra brincadeira de mau gosto. Vídeo

Foto: reprodução Facebook
Foto: reprodução Facebook

Uma brincadeira de mau gosto e perigosa teve seus dias contados após a iniciativa de alunos de um colégio de Brasília.

“Deixa eu te falar uma coisa, essa é uma brincadeira de muito mau gosto que está rolando na internet e aqui, essa brincadeira não rola. Muitas pessoas já se feriram gravemente. Nós nos importamos com o nosso colega e aqui não rola”. Esse foi o recado passado por três estudantes do Colégio Batista de Brasília.

O vídeo, que já tem mais de 16 mil visualizações, foi postado na terça-feira,11, viralizou nas redes sociais, e é uma resposta a brincadeira “quebra-crânio” ou “desafio da rasteira” que se tornou viral há alguns dias.

Nela, duas pessoas pulam e induzem uma terceira a pular. Quem está nas extremidades aplica uma espécie de rasteira fazendo com que o desavisado caia de costas no chão, ou de cabeça, como aconteceu no vídeo de estudantes de uma escola de Caracas, na Venezuela.

O alerta

“Ao longo do dia, quando a ‘brincadeira’ viralizou, recebemos mensagens de diversos pais preocupados. Resolvemos conversar com os estudantes e eles deram a ideia de fazer o vídeo. Aqui, falamos muito sobre respeitar e cuidar dos colegas, então, foi muito natural essa iniciativa. Ainda bem que ações positivas também influenciam e dão resultado”, comemorou Ludmila Santos, diretora de comunicação da escola.

“Foi uma ação que ultrapassou os muros da escola. Agora, estamos pedindo que outras escolas repliquem e façam algo parecido”, completou.

Assim como o mau, o bem também pode viralizar e a iniciativa dos alunos de Brasília inspirou outros colégios.

Veja:

Depois do vídeo de alerta, outros alunos aderiram ao movimento “não” à brincadeira chamada de “quebra-crânio”:

Com informações da Revista Crescer

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no: