Egípcio grato dá frutas de graça a italianos sem dinheiro na quarentena

Sameh Ayad e as frutas - Foto: reprodução / Facebook||
Sameh Ayad e as frutas - Foto: reprodução / Facebook||

“Há dez anos vocês me acolheram, agora quero dizer obrigado. Tudo vai ficar bem. Se precisarem, podem levar gratuitamente a fruta e a verdura que estão nesta mesa.”

Gratidão, esta é a palavra que define a atitude de um comerciante egípcio que mora na província de Bergamo, uma das mais afetadas pelo coronavírus na Itália.

Sameh Ayad é proprietário de um mercado que frutas e verduras e esta semana quem passava em frente ao local se surpreendeu com uma mesa farta de maçãs, laranjas, mexericas, abacaxis, algumas verduras… e um cartaz com a mensagem acima, anunciando tudo de graça.

Existe um ditado assim: “quem faz o bem não lembra, mas quem recebe jamais esquece… É o que acontece agora com Sameh em relação ao povo italiano.

História

Sameh Ayad tem 34 anos e nasceu no Egito.

Ele trabalhou bastante até conseguir abrir seu próprio negócio na Itália.

Doar um pouco da mercadoria que tem, foi a maneira que ele encontrou para ajudar o país, que passa por um momento difícil por causa do coronavírus.

Sameh acredita que é o momento de ajudar quem não tem mais o que comer em casa.

“Foi um jeito também de deixar o coração mais leve. Quando eu cheguei na Itália, sozinho, vivi muitos momentos tristes e os italianos me acolheram. Hoje estou bem”, afirmou.

Repercussão

O comerciante conta que depois que postou as fotos da oferta no Facebook, muita gente passou para pegar as frutas de graça.

O que ele não esperava era o carinho que vem recebendo na rede social.

“Gesto de grande generosidade … Bravo .. Muito bom !! Neste momento muitas pessoas idosas estão em dificuldade e agradecem à sua nobre atitude, terão algo para comer!”, escreveu um seguidor do mercado no Facebook.

Quando a palavra RECONHECIMENTO tem um grande valor ! obrigado. Você é demais! Deus te abençoe”, escreveu outra seguidora.

Foto: reprodução / Facebook
Fotos: reprodução / Facebook

frutas-italia-interna

Por José de Oliveira Jr., direto Vicenza, na Itália, para o SóNotíciaBoa

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no: