Nova Zelândia está livre da covid: primeira-ministra comemora dançando

A primeira-ministra da NZ confessa ter dançado em casa pra comemorar Foto: reprodução
A primeira-ministra da NZ confessa ter dançado em casa pra comemorar Foto: reprodução

A primeira-ministra da Nova Zelândia Jacinda Ardern, anunciou nesta segunda-feira, 8, no parlamento de Wellington, que não há mais casos ativos de Covid-19 no país.

O último paciente isolado pelo coronavírus, no país do arquipélago do Pacífico Sul, teve alta.

“Não ter casos ativos pela primeira vez desde 28 de fevereiro é certamente um marco importante em nosso caminho, mas, como dissemos anteriormente, será essencial manter a vigilância contra a Covid-19”, afirmou Ashley Bloomfield, diretora-geral do Ministério da Saúde, em comunicado.

Pequena dança

Ardern diz que fez uma ‘pequena dança’ quando soube da notícia boa.

Eu contei pra minha filha Neve. Ela foi pega de surpresa, mas mesmo assim se juntou a mim, sem ter absolutamente nenhuma ideia do motivo pelo qual eu estava dançando pelo salão”, disse Arden. (vídeo abaixo)

Estratégia certa

Ardern atraiu manchetes e elogios da Organização Mundial da Saúde pela abordagem do governo ao vírus, restrita e cautelosa e que, pelo jeito, valeu a pena.

Em 25 de março, ela trancou o país por quatro semanas – exigindo que a maioria dos neozelandeses permanecesse em casa a maior parte do tempo.

Com uma população de cinco milhões de habitantes, a Nova Zelândia registrou 1.154 casos confirmados e 22 mortes.

Vida quase normal

O governo da Nova Zelândia levantará todas as restrições da Covid-19, exceto os rigorosos controles nas fronteiras, quase que imediatamente, disse a primeira-ministra Jacinda Ardern.

“Estamos prontos”, disse Ardern em uma entrevista coletiva em Wellington, acrescentando que os neozelandeses “se uniram de maneira sem precedentes para esmagar o vírus”.

A partir da meia-noite desta segunda-feira, Ardern disse que os neozelandeses viveriam em um país “onde a vida parece tão normal quanto possível, no tempo de uma pandemia global”.

Regras de distanciamento físico e limites de tamanhos de reunião serão descartados.

População comemora

Os neozelandeses comemoraram nas mídias sociais.

“Eu sei que é uma segunda-feira e tudo, mas acho que posso estourar a garrafa de espumante hoje à noite e levar uma taça para todas as pessoas deste belo país. Ka pai Aotearoa ”, disse James Shaw, ministro das mudanças climáticas, usando uma frase maori que significa ‘bom trabalho, Nova Zelândia’.

“Além disso, lave as mãos …”, acrescentou.

Outros aguardavam a abertura dos cafés sentados um ao lado do outro no transporte público com a liberdade de tocar o próprio rosto.

Veja a declaração da primeira-ministra que sorriu após a pergunta de como comemorou.

Com informações do The Guardian