“Perdão”: Digão e Rodolfo do Raimundos reatam amizade após 19 anos

Digão e Rodolfo - Fotos: reprodução / Instagram
Digão e Rodolfo - Fotos: reprodução / Instagram

“Perdão”. Esta foi a palavra mágica que uniu novamente dois grandes amigos que não se falaram durante 19 anos: Digão, líder do Raimundos, e o ex-vocalista da banda, Rodolfo Abrantes.

O público ficou sabendo da boa notícia durante uma aparição surpresa na live feita pela banda na sexta-feira, 12. Rodolfo entrou na transmissão quando Digão prestava uma homenagem a Bessanger Abrantes, primo de Rodolfo que havia morrido no mesmo dia – vítima de uma parada cardíaca após um transplante de fígado. (vídeo abaixo)

Digão conversou com o SóNotíciaBoa e contou com detalhes emocionantes o que significou para o coração dele voltar a falar com o “irmão”, nesses tempos de tristeza, coronavírus e tanta notícia ruim:

“Eu já um bom tempo já não tinha mais aquela mágoa do que aconteceu com o Rodolfo… E agora chegou num ponto que aí eu comecei a ter pensamentos de ligar pra ele… E eu falei, cara, eu preciso ligar e poxa, pedir perdão por tudo que eu tenha sentido, porque a nossa amizade ela é independente do Raimundos, sabe? A gente é irmão, a gente era moleque, tava sempre junto, todo dia, a gente é irmão de verdade, cara!

“E aí veio a pandemia, cara, todas aquelas situações, o negócio da política e eu sentindo tanta energia ruim vindo pra mim. E eu falei não, velho. É Deus mandando um sinal pra mim que agora é a hora, você já queria fazer isso, então chegou a hora e eu fui. Pedi pra minha noiva, Viviane Mascarenhas pra que ela desse o contato do Rodolfo. Aí ela me deu… e eu liguei pra ele. “Eu não ia mais protelar mais, eu não queria que isso se estendesse. E eu liguei, cara!”.

Perdão

Foi uma hora de conversa no telefone. O músico revelou que pediu perdão ao amigo e Rodolfo fez o mesmo: também pediu perdão, não só pela na saída dele no auge da banda.

“Foi a melhor coisa do mundo. Eu reconquistei aquele meu irmão, sabe aquele meu brother, a gente sempre se amou pra caramba e acabou construindo muita coisa legal junto. Nossa, cara, isso foi assim, libertador. Libertar de uma coisa ruim e agregador porque trouxe de volta o meu irmão”.

“Nossa, eu to tão feliz, cara. Todo dia eu acordo, eu to diferente. Acordo feliz, sabe? Eu to conseguindo dormir tão bem, coisas tão boas estão acontecendo. Realmente foram 19 anos, praticamente no aniversário da nossa ruptura”.

“Infelizmente o Bessanger, um pouquinho depois ele faleceu, cara. E eu tô tão emocionado aqui, pra falar tudo que eu tô sentindo, né? Mas é uma coisa muito verdadeira. Tá vindo de dentro do meu coração, assim, purificou o meu coração e hoje a gente se fala todo dia, manda mensagem, troca ideia. É uma coisa muito, muito boa. Muito de Deus, sabe?”.

“Eu sou católico, né? E eu respeito como ele é, amo ele como ele é. E é assim que vai ser, entendeu? Eu não tenho pretenção nenhuma de nada. A única coisa que eu quero é a nossa amizade, a gente ser irmão de novo. Poxa, eu precisava demais disso e acho que ele também. Então a gente tá realmente muito, muito feliz, cara. Eu tô em graça. Obrigado!”, concluiu Digão.

A live

Durante a live que anunciou a volta da amizade, Digão disse:

“Hoje foi um dia muito triste pra nós da família Raimundos. Queria fazer uma homenagem a esse cara que foi tão importante pra gente. Desejar à família Abrantes toda luz e amor de todos os fãs pra esse momento difícil”, disse Digão.

De repente, o vocalista disse que chamaria alguém para dar um recado à família Abrantes e aos fãs e Rodolfo apareceu na transmissão. Ele agradeceu pelas palavras de carinho e contou a novidade ao público:

“Meu irmão, Digão, eu estou muito feliz de poder ter essas conversas que a gente teve. Você tem o meu amor, tem o meu abraço. Tô muito feliz de poder ver essa nossa história rescrita, com respeito”, disse, ao vivo.

O reencontro

Agora os dois estão torcendo pra essa pandemia passar logo pra se reencontrarem pessoalmente.

Digão combinou de visitar Rodolfo para surfar em Florianópolis, Santa Catarina.

Digão e Rodolfo, o que vocês fizeram foi lindo e certamente vai inspirar muita gente – que pode estar agora nessa mesma situação, com vontade de ligar para aquele amigo que não conversa há tanto tempo, mas está sem coragem pra tomar a inciativa.

Inspirar a deixar as diferenças pra trás, lá no passado, porque o que importa nessa vida é o amor. É só isso que a gente leva daqui, né irmão?

Gratidão pela entrevista que encheu nosso coração de esperança e por nos emocionar com essa notícia boa… libertadora!

Obrigado também ao Luciano Lima, que fez a ponte pra gente conversar com o Digão e trazer essa história de amor pra você leitor!

Veja o trecho da live em que os amigos conversaram publicamente:

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa