Colegas se unem e ajudam mãe e 5 filhos que dormiam no chão

2296
Fotos: divulgação
Fotos: divulgação

Lembra da dona Rosimeire da Costa, a mãe que usava um celular quebrado para ensinar tarefas escolares aos 5 filhos que dormiam no chão? Ela acaba de receber mais solidariedade, desta vez de colegas de trabalho que se uniram e foram ajudar a família.

No último fim de semana, 9 colaboradores da empresa de telefonia Claro foram até Itumbiara, – em Goiás – e levaram dinheiro, alimentos, roupas, kits de higiene e presentes tecnológicos para as crianças poderem estudar.

Além do tablet que já tinha recebido, agora a família ganhou um smartphone 4G, um notebook – com mouse e mousepad – e também internet gratuita.

Com essa doação “a família está mais equipada tecnologicamente para estudar, principalmente, neste momento das aulas virtuais”, disseram os colegas de trabalho, em nota enviada ao SóNotíciaBoa.

Parte da doação foi bancada pela Claro e o restante saiu do bolso dos próprios colaboradores, voluntários do Conexão Voluntária, programa de voluntariado da Claro.

O grupo também entregou à família da dona Rosimeire kits de higiene pessoal, 5 kits escolares, mochila, roupas para as crianças, um colchão e cestas básicas.

Na parte tecnológica, o presente incluiu um chip Pré, com recarga mensal garantida até o final deste ano letivo, um modem roteador, um chip Banda Larga para o roteador e um chip ativo durante este ano letivo.

Eles também levaram uma cama beliche para as crianças que dormiam no chão, mas quando chegaram lá, “a dona Rosimeire já tinha recebido a doação de uma e então eles decidiram que doar para outra família próxima, que também necessita”.

A boa ação foi feita por colaboradores das unidades Centro-Oeste, de Brasília, Goiânia, Rio de Janeiro, Belém e Recife.

História

A história da família da dona Roseimeire – que se desdobrava para ajudar na tarefa dos 5 filhos com um telefone celular quebrado – foi mostrada no mês passado, aqui no SóNotíciaBoa.

Sem camas e com as crianças dormindo na sala, no sofá e em colchão no chão, dona Rosimeire mora de favor em uma residência de Itumbiara. A família sobrevive com R$ 160 por mês do Bolsa Família, mais ajuda de amigos.

Corrente do bem

Brasileiros e estrangeiros se comoveram com a história e ela começou a receber ajuda do Brasil e de outros países.

Rosimeire tem nove filhos. Três vivem no interior de São Paulo e seis moram com ela:

Anthony, de 3 anos, Nicole, de 5, os gêmeos Ícaro e Isaías, de 8, e Isaac, de 9 anos.

Gratidão

Hoje, as lágrimas de Rosimeire são de gratidão.

Ela disse que as pessoas que estão ajudando a família estão nas orações dela e repetiu que “Deus é fiel e nunca abandonou a família”.

Crianças estudando no chão - Foto: divulgação
Crianças estudando no chão – Foto: divulgação

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa