SóNotíciaBoa completa 9 anos no ar. Gratidão!

Arte: SNB
Arte: SNB

Há exatos 9 anos ousamos trilhar um caminho próprio, até então desconhecido, que a mídia comum ignorava solenemente, o da notícia boa.

Inauguramos e fomos pavimentando dia a dia uma estrada paralela à do jornalismo comum. Uma trilha que levava ao desconhecido, mas que tinha uma paisagem agradável, feliz, inspiradora, um oásis que nos dava vontade continuar.

Ao contrário do resto da mídia, decidimos desviar das tragédias, desmandos, corrupção e da violência para oferecer ao leitor uma opção pioneira, um lugar novo pra se informar sem custo, sem susto, medo, nem pânico.

A ideia era criar um portal inovador pra inspirar e levar esperança para as pessoas através do jornalismo positivo. Um espaço inusitado, fora do comum, para o brasileiro ler, ouvir e assistir apenas o que acontece de bom no país e no mundo… e ver que existe muito mais gente boa do que má nesse planeta.

A intenção era tratar a notícia boa com a leveza que ela merece e a seriedade e credibilidade que aprendemos nas grandes redações de rádio e TV, mas separando o joio do trigo para ficar apenas com o trigo, claro.

Assim, no dia 9 de agosto de 2011 estreava o primeiro portal de notícia boa do país, o SóNotíciaBoa, uma ideia que nasceu em 2009 e levou dois anos para ser formatada porque não havia nada parecido na época.

Dor de estômago

Tudo surgiu por causa de uma dor de estômago. O jornalista Rinaldo de Oliveira apresentava um telejornal em Brasília que dava muita notícia ruim e começou a passar mal no estúdio. Após exames que nada diagnosticaram, o médico sugeriu que ele fizesse algo para equilibrar as energias, algo contrário ao noticiário em que ele trabalhava.

Logo em seguida, em setembro de 2009, Rinaldo criou um pequeno blog, despretensioso, que contava só casos positivos. Nascia ali o embrião do SóNotíciaBoa.

Novos tempos

Nove anos depois, o portal que nasceu timidamente e era desacreditado por muitos, se tornou referência em jornalismo positivo.

Hoje o SóNotíciaBoa é lido nas redações das grandes redes de rádio e TV e virou pauta para reportagens de programas e telejornais que você assiste diariamente.

Também conquistou a classe médica e virou “receita” em consultórios de psicólogos e psiquiatras para leitura de pessoas com ansiedade, depressão, síndrome do pânico e pensamentos suicidas.

Virou ainda fonte de pesquisa escolar de crianças em fase de alfabetização, por indicação de colégios, pais e professores, para os alunos não ficarem expostos à violência contida em jornais e revistas.

Equipe

Cresceu o compromisso com a sociedade e também a nossa equipe.

Temos jornalistas colabores em Brasília, São Paulo, EUA, Itália, Suíça e Reino Unido e mostramos que notícia boa não tem fronteira.

Temos leitores em 130 países. Mais de 2 milhões de pessoas visitam o nosso portal mensalmente, 91% delas no Brasil.

E é justamente nas cidades com os piores índices de violência que temos os maiores índices de audiência.

Durante a pandemia triplicamos o número de seguidores, o que colocou o SóNotíciaBoa na vice-liderança entre todas as mídias de Brasília no Instagram.

O motivo? É que ninguém aguenta mais tanta notícia ruim.

E é na notícia boa que encontramos a paz, o amor, a esperança, a empatia, a solidariedade e o alívio que precisamos para enfrentar dias tão difíceis.

“E da mesma forma que o SóNotíciaBoa mudou a minha vida – me tornou mais consciente, solidário, grato, resiliente, feliz e menos preconceituoso – o portal também vem impactando a vida de milhões de pessoas dentro e fora do país”, disse Rinaldo de Oliveira, fundador do SóNotíciaBoa.

Sem comemoração

Infelizmente o aniversário de 9 anos do portal não terá festa este ano porque acontece justamente no momento em que o Brasil chega à marca oficial de 100 mil vidas perdidas para o novo coronavírus. Não faria sentido comemorar.

Em solidariedade e respeito a todas as famílias, nossa equipe decidiu apenas lembrar a data com campanha Dia Da Notícia Boa, em 9 de agosto – que coincide com o dia dos pais desta vez.

“Vamos postar as matérias positivas do dia nas redes sociais com a hashtag #DiaDaNoticiaBoa, para manter o movimento, que entra na oitava edição, pedindo 24 horas sem violência nas redes sociais, como sempre fazemos”, disse Andréa Fassina, diretora de conteúdo do portal.

Você pode participar digitando a hashtag #DiaDaNotíciaBoa em tudo de bom que você postar… e não curtir nem compartilhar notícia ruim, se possível.

Gratidão

Aproveitamos pra agradecer pelo seu carinho, por nos acompanhar, mandar pautas, por compartilhar nossas matérias e ajudar a espalhar informação positiva por aí, nesses tempos sombrios.

Muita gente está precisando de notícia boa nessas horas. Faz diferença na vida delas, tenha certeza.

Mas até chegar a vacina, fique firme. Cuide de você e da sua família!

Em breve poderemos nos abraçar novamente, andar pelas ruas e comemorar a liberdade dessa vida.

Acredite!