Empresária enfrenta medo de bike e aprende a pedalar aos 40: vídeo

Vanessa aprende a andar de bike - Foto: Instagram
Vanessa aprende a andar de bike - Foto: Instagram

A gente tem que enfrentar o medo com atitude e a empresária Vanessa Rainho fez isso! Ela decidiu espantar os fantasmas e aprender a andar de bicicleta aos 40 anos.

Formada em Recursos Humanos, até hoje ela não sabe explicar de onde veio tanto medo de pedalar.

“Pode ser de outra vida. Nunca cai, nunca tentei, mas eu achava impossível, que nunca ia saber andar [de bike]. E era um medo que ultrapassava os limites”, contou Vanessa em entrevista ao SóNotíciaBoa.

Até o dia em que ela decidiu enfrentar esse pânico e fez uma busca no Google.

“Eu coloquei no Google “como aprender a andar de bicicleta depois de velha*” e foi aí que descobri uma escola, um projeto idealizado por uma ciclista que aprendeu a andar de bike depois dos 49 anos e descobriu que tem muito adulto com a mesma dificuldade”, lembrou.

Viagem

Só que a escola @ciclofemini funciona em São Paulo e Vanessa hoje mora em Santos, onde abriu há 4 anos uma empresa que trabalha na área artística.

Decidida a enfrentar o medo, ela subiu a serra, foi fazer a primeira aula e postou o vídeo no Instagram. (assista abaixo)

“Eu não tenho pretensão alguma. Se eu conseguir tocar alguém e essa pessoa mudar a vida dela, dar um incentivo, eu vou ficar muito feliz”, revelou.

Depressão

Para Vanessa, vencer o medo da bike tem outro significado também.

“Eu tô passado por um processo de tratamento de depressão. A bike era um tabu tão grande pra mim e a depressão também foi – porque sempre fui uma pessoa muito preconceituosa em relação à mente. Eu achava que a gente podia dominar qualquer coisa da mente. Eu achava que depressão era frescura, que a pessoa não tinha o que fazer e eu não acreditava nessa doença, até que eu fui atingida por ela”, contou.

Como ela vem superando?

“Uma das coisas que me ajudaram foi a atividade física. Foi aprender a não ter mais vergonha dos meus medos, nem preconceito deles”.

O próximo passo foi quebrar as barreiras.

“Se eu não conseguisse enfrentar isso [pedalar], talvez não conseguira enfrentar a depressão. Isso fez com que eu pudesse ultrapassar barreiras e se eu conseguir andar de bicleta, vou conseguir vencer tudo, esse momento que estamos passando [pandemia], meus medos, recomeçar…  E independentemente da sua idade, você tem que recomeçar”, afirmou.

O medo

Vanessa fez cinco aulas até agora e confessa que o medo de andar de bike sozinha ainda não passou totalmente.

“Não consigo andar sozinha ainda, tenho muita dificuldade ainda, mas não vou desistir. O medo ainda existe. Ainda me bate um desespero. Eu tentei neste fim de semana sair sozinha, mas não consegui… [Mas] Vou fazer [aulas] até sair nessa orla aqui sozinha pedalando!”, prometeu.

*Vanessa, você está longe de “estar velha”, viu? Parabéns pela coragem e pela atitude!

Assista ao vídeo:

 

View this post on Instagram

 

🚴🏼‍♂️🏆🥇 A empresária Vanessa Rainho, de São Paulo, conseguiu vencer um medo que durou 40 anos: andar de bike. Sim, ela finalmente conseguiu pedalar pela primeira vez. Conquista que mereceu este vídeo. Ela decidiu enfrentar o medo após um vídeo de uma outra mulher na mesma situação, aluna da @ciclofemini Depois de ter vencido tantos obstáculos mais difíceis na vida, ela decidiu que era hora de enfrentar mais um. E conseguiu! Parabéns Vanessa!! 🎥#Repost @vanessarainho ・・・ #sonoticiaboa #noticiaboa #medo #trauma #paura #pedalar #andar #bicicleta #aula #professor #arriscar #bike . Eu quase não fui para a segunda… Quando procurei a @ciclofemini foi por conta de um vídeo onde uma mulher aprendia em 7 minutos a pedalar… Eu fiquei 2 horas e não consegui andar 50 metros! 🤦‍♀️ . Passou uma semana… depois de varias mensagens que recebi de pessoas que se identificaram comigo, resolvi marcar novamente com eles. Mas confesso que subi a Serra beeeeem desanimada, novamente me achando ridícula, patética e fracassada por não ter conseguido da primeira vez!🤷‍♀️ . Quase desmarquei, mas como tinha um compromisso com uma amiga e seria “obrigada” a ir de qualquer forma para SP (compromissos com amigas são sempre muito importantes 🤭)… Lá estava eu e o @ricardogaspar.gtr no Ibirapuera de novo! . Quantas vezes não da vontade de desistir de tudo? Quantas vezes começamos algo e não finalizamos? Eu mesmo ja perdi as contas das vezes que fiz isso comigo 😔 Fiz tantas vezes… que acho que nem tinha mais aquela neura de tristeza de não ter conseguido… 🙍‍♀️ Acho que entramos na fase do “tanto faz”! NUNCA MAIS DEIXE ISSO ACONTECER!🧏‍♀️ . Não é nem um pouco fácil o processo de acreditar em si… ter a tal “auto estima na lua” e “se amar” que os livros de auto ajuda tanto falam! O processo é BEM FODA… Mas quando tem um pouquinho 🤏 que seja de progresso… aquela vontade de continuar se renova!🙋‍♀️ . Que esse vídeo faça você acreditar que sua semana pode ser melhor ou pelo menos que você consiga fazer algum plano para que a próxima seja! . PS.: Eu ainda preciso de mais aulas… Mas tudo bem… um dia vai dar certo!

A post shared by Só Notícia Boa (GoodNews)🇧🇷 (@sonoticiaboa) on

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa