iFood doa R$ 5 milhões para construção da nova fábrica do Butantan

1204
iFood no aplicativo - Foto: divulgação
iFood no aplicativo - Foto: divulgação

Empresários têm dado uma lição de solidariedade nesta pandemia. Agora foi a vez da empresa de entregas iFood, que anunciou a doação de R$ 5 milhões para ajudar a construir a nova fábrica do Instituto Butantan, em São Paulo.

O instituto quer aumentar a capacidade de produção da CoronaVac – vacina desenvolvida pela parceria entre o instituto e a farmacêutica chinesa Sinovac – e para isso vai construir uma nova fábrica de 10 mil metros quadrados no complexo do instituto, que fica na Zona Oeste da capital paulista.

Depois de pronta a unidade, o Butantan poderá produzir 100 milhões de doses da CoronaVac por ano.

A nova fábrica deverá estar pronta até o final de setembro deste ano, de acordo com o governo de São Paulo. O orçamento total da obra é de cerca de R$ 160 milhões.

Fabricio Bloisi, presidente do iFood, se reuniu com o governador do estado, João Doria, esta semana e confirmou a doação dos R$ 5 milhões.

Ajuda de empresários

O Butantan informou que já foram arrecadados R$ 130 milhões com doações de 24 empresas, dos mais diversos setores da economia.

As doações estão sendo coordenadas pela organização social Comunitas, com o apoio da Invest-SP, e auditoria da empresa PricewaterhouseCoopers.

A nova fábrica

A nova fábrica dará ao instituto autonomia na produção da vacina em todas as suas fases, desde o desenvolvimento do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) ao envase e distribuição das doses.

Além das 100 milhões de doses anuais da CoronaVac, o Butantan poderá também produzir doses de outras vacinas, como a contra a influenza, por exemplo.

“A fábrica terá a sua fase de construção até setembro e depois ela entra na qualificação. Na qualificação, começa a operar para receber o certificado de boas práticas de fabricação. Recebendo esse certificado, que deve acontecer até o final de 2021, a fábrica inicia a produção da vacina. E produzirá a dose do começo ao final, que é a entrega ao consumidor”, explicou Dimas Covas, presidente do Instituto Butantan.

Doação para a Fiocruz

A iFood também pretende fazer uma doação semelhante para a Friocruz. A oferta será feita ao governo federal nos próximos dias.

A ideia da empresa de delivery é ajudar a Fundação Oswaldo Cruz na modernização e construção de um novo espaço fabril para a produção de vacinas.

Com informações da InfoMoney