Descoberta proteína que protege contra câncer e diabetes

A proteína protege contra o câncer, diabetes e fígado gorduroso. - Foto: reprodução
A proteína protege contra o câncer, diabetes e fígado gorduroso. - Foto: reprodução

Um grupo de cientistas do Instituto Biomolecular de Ciências (FIU) está estudando uma proteína que protege contra câncer e diabetes.

Os médicos esperavam que essa proteína fosse uma espécie de supressor em tumores, mas, ela acabou sendo muito mais promissora para tratar problemas como fígado gorduroso.

Os testes foram feitos na Universidade Duke, na Carolina do Norte, Estados Unidos. Todo o estudo foi publicado na revista científica Medical Xpress.

A proteína

De nome incomum, o Inositol Polifosfato-4-Fosfatase Tipo II B, ou INPP4B, se saiu muito bem nos primeiros testes.

A proteína protegeu camundongos obesos de patologias como a doença hepática gordurosa, diabetes tipo 2 e neoplasia de próstata. Segundo estimativas, a obesidade é um dos maiores fatores de risco para o surgimento dessas doenças.

“Podemos controlar nossa dieta, podemos sair e nos exercitar, mas existem certos fatores que não podemos controlar, como etnia, nossa idade e nossos genes”, disse o pesquisador em câncer da Universidade Duke, nos Estados Unidos, Manqi Zhang.

Manqi acha “importante estudar isso para que possamos encontrar maneiras de controlar essas doenças no futuro”.

Mudança de rumo

O mais incrível é que a proteína é estudada desde 2017, mas inicialmente os testes eram para descobrir um tratamento para o câncer de próstata.

“Tudo sobre este estudo me surpreendeu. Quando a pesquisa começou, ela mudou rapidamente de direção e fizemos muito progresso nisso”, comentou Manqi.

Agora, os pesquisadores farão mais investimentos para determinar se o INPP4B pode ou não ser direcionado para tratamentos dessas doenças e do câncer de mama.

Uma outra pesquisa muito promissora e dessa vez de brasileiros, também pode trazer a cura para tumores cerebrais em crianças. Cientistas da USP descobriram que o zika vírus é capaz de tratar esses pacientes e agora precisam da sua ajuda. Lançamos uma campanha no Só Vaquinha Boa! Faça a sua contribuição!

Por Monique de Carvalho, da redação do Só Notícia Boa. – Com informações de Olhar Digital.