Pesquisadores criam tijolos sustentáveis a partir de bituca de cigarro

Apenas 1% do material da bituca consegue gerar matéria prima para os tijolos. - Foto: divulgação
Apenas 1% do material da bituca consegue gerar matéria prima para os tijolos. - Foto: divulgação

Usar bitucas de cigarro para fabricar tijolos é uma opção econômica e altamente sustentável, afirmam pesquisadores da Universidade RMIT, em Melbourne, Austrália, que conseguiram desenvolver um produto tão forte e eficiente quanto os modelos convencionais

A pesquisa foi realizada nos últimos 7 anos e ajudará a eliminar 1,2 milhão de toneladas de bitucas que viram lixo tóxico no meio ambiente. Agora buscam apoio para comercializar os tijolos em alta escala.

A pesquisa

Essa ideia genial é do professor Abbas Mohajerani, da própria Universidade RMIT. Ele explica que as bitucas de cigarro estão saturadas com produtos químicos tóxicos, incluindo mais de 60 conhecidos por causar câncer.

“A queima de bitucas em tijolos é uma maneira confiável e prática de lidar com este terrível problema ambiental, ao mesmo tempo em que reduz os custos de produção de tijolos”, disse.

Ele então criou uma tecnologia que extrai apenas 1% do material das bitucas e o transforma em matéria-prima para os tijolos.

Economia de energia

Para deixar a ideia ainda mais completa e sustentável, Abbas conseguiu fazer todo o processo com uma economia considerável de energia.

Em análise, a equipe da Escola de Engenharia da RMIT mostrou que a incorporação de 1% de bituca de cigarro reduziria em 10% a energia necessária para queimar tijolos.

“Leva até 30 horas para aquecer e queimar os tijolos, então essa é uma economia financeira significativa”, disse Abbas.

Outras utilidades

Agora o professor está estudando uma forma de transformar as bitucas em concreto asfáltico. Ele disse que as soluções técnicas precisam ser apoiadas por leis mais rigorosas e penalidades mais severas para o lixo.

“As autoridades locais também precisariam fornecer lixeiras mais especializadas para pontas de cigarro, tanto para evitar lixo quanto para permitir a coleta suave para o processo de fabricação de tijolos”, disse.

Todo o processo de fabricação dos tijolos e reutilização das bitucas foi publicado na Revista Material MDPI.

Tijolos. - Foto: reprodução Universidade RMIT
Tijolos. – Foto: reprodução Universidade RMIT

Por Monique de Carvalho, da redação do Só Notícia Boa. – Com informações de ecycle.