Estudante com síndrome de Down se forma em Geografia

Kallil Assis Tavares se formou em Geografia na Universidade Federal de Jataí, UFJ, em Goiás - Foto: Arquivo Pessoal
Kallil Assis Tavares se formou em Geografia na Universidade Federal de Jataí, UFJ, em Goiás - Foto: Arquivo Pessoal

Aos 30 anos, Kallil Assis Tavares é o primeiro estudante com síndrome de Down a se formar em Geografia na Universidade Federal de Jataí, UFJ, em Goiás.

O novo geógrafo entrou na universidade em 2012 pela categoria de ampla concorrência e teve apoio de professores para conquistar o tão sonhado diploma.

“Fui apoiando, fiz com muito afinco, mas não forcei a nada, a gente deu todo estímulo, mas não forçava”, contou mãe dele, a pedagoga Eunice Tavares.

Ela disse que a conquista do filho é uma grande vitória para a família.

Adaptação

A geógrafa Marlene Flauzina Oliveira, explica que além da ajuda durante as aulas, os professores precisavam adaptar o conteúdo e as avaliações. E elogiou o empenho de Kallil.

“Ele é um aluno muito dedicado, apesar da dificuldade de concentração, ele prestava atenção. Quando tinha atividade para casa, não descansava enquanto não terminava”, disse a professora.

Futuro para a inclusão

A mãe de Kallil confessa que ainda não conversou com o filho sobre o futuro na carreira, mas que está considerando o ritmo dele, sem pressa.

Já a professora Marlene, que acompanhou o estudante por tanto tempo, acredita que Kallil mudou sua profissão e incentivou o avanço na educação inclusiva em Goiás.

“Além do crescimento, eu acho que nós temos que aprender muito e aplicar a educação inclusiva, que ela é necessária. As pessoas com deficiências físicas e intelectuais têm o direito de ir para uma faculdade e têm capacidade”, afirmou.

“Ele nos ensinou muita coisa que vai ficar gravado para essa instituição e o para o ensino superior público do Brasil”,  disse o diretor da UFJ, William Ferreira, à TV Anhanguera.

Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

Com informações Kativa