Hamilton usa capacete de arco-íris em treino no GP do Catar

426
Hamilton usa capacete de arco-íris em treino no Catar
Hamilton usa capacete de arco-íris em treino no Catar

Em protesto contra a perseguição que a comunidade LGBTQIA+ sofre no país do Catar, o piloto britânico Lewis Hamilton usou um capacete de arco-íris e mais uma vez mostrou que é preciso enfrentar preconceitos.

O gesto foi durante o primeiro treino para o Grande Prêmio do Catar de Fórmula 1, marcado para este domingo, 21 de novembro.

Além das cores do arco-íris, no capacete tinha a seguinte mensagem: “We Stand Together”, que significa “Estaremos juntos”.

Peça foi desenhada por um brasileiro

O capacete foi desenhado pelo brasileiro Raí Caldato, artista que já fez outros trabalho com Hamilton.

O arco-íris é do artista Daniel Quasar, que se identifica como não-binário.

Catar é conhecido por ser um país intolerante a diversidade

No Catar, as relações entre LGBTs não são permitidas e a homossexualidade pode ser punida com morte ou prisão perpétua de acordo com a interpretação da lei sharia (“lei da fé”).

Segundo o jornal britânico The Guardian, o Catar é um dos mais de 70 países que criminalizam as relações homossexuais, apontando um relatório da ILGA que mostra números semelhantes.

Copa do Mundo 2022

Em nota à imprensa, Catar afirmou que vai cumprir as regras da Fifa que promovem tolerância e inclusão durante os jogos.

Bandeiras com cores do arco-íris serão permitidas nos estádios durante a Copa de 2022.

A liderança do Catar na Copa do Mundo também ofereceu à Fifa a garantia de que as telas que promovem os direitos LGBTQ não serão removidas.

“Conforme as competições esportivas vão para esses locais, elas têm o dever de colocar em foco esses problemas. Esses lugares precisam de escrutínio. Direitos iguais são uma questão séria. Sei que esses países estão tentando melhorar nessas questões e que não pode mudar do dia para a noite”, disse a estrela do automobilismo.

Veja mais fotos:

Com informações do CorreioBrasiliense