Radialista canta música de combate a violência contra a mulher

637
Radialista lança canção para dar voz às mulheres que sofrem violência doméstica - Fotos: reprodução Instagram @oficialdanathy
Radialista lança canção para dar voz às mulheres que sofrem violência doméstica - Fotos: reprodução Instagram @oficialdanathy

A radialista e estudante de jornalismo Nathália Santiago, de 31 anos, usou a própria história para abraçar uma luta importante: a violência contra a mulher.

Nathy é de Brasília e aos 7 anos sofreu violência sexual. Isso gerou traumas com crises de pânico e ansiedade e agora, após terapia e apoio do atual marido, a radialista decidiu ajudar outras mulheres que passam pelos mesmos problemas.

Com um arranjo percussivo e um estilo musical de matriz africana, ela traz a canção neste 25 de novembro, que é celebrado o Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher.

“O meu lugar? O meu lugar é onde EU quero estar. O meu tempo só cabe no meu relógio. O meu corpo é meu templo, NÃO a sua oferenda. A minha vontade é filha da minha liberdade, NÃO do seu capricho. O meu sim é SIM. E o meu não é NÃO”, diz um trecho da música “Não”.

É um grito de liberdade de todas as mulheres, disse Nathy em entrevista ao Só Notícia Boa:

“’NÃO’ é uma música que incomoda, atiça, comove, desperta e liberta, porque carrega as vozes de todas as mulheres, pretas, brancas, pobres, ricas, trans., crianças, adultas, que sofreram e ainda sofrem violência de qualquer tipo”, disse Nathy em entrevista ao Só Notícia Boa.

Representatividade

A ideia de lançar uma música veio em 2019, após o marido de Nathy Santiago escrever uma poesia sobre o assunto. Ao produzir “Não”, Nathy contou que queria levar mais representatividade para todas as mulheres que sofreram violência, como ela.

Nas redes sociais, a locutora da rádio Metrópoles FM faz questão de reforçar a luta a favor das mulheres e a importância de se impor sobre os próprios direitos.

A radialista ainda reforça que a escolha pelo arranjo se deu por outra luta importante.

“Propositalmente, elaboramos o arranjo assim para destacar também o Dia da Consciência Negra”, comemorado no último dia 20 de novembro, concluiu Nathy.

Dá uma olhada no clipe de “Não” e passa pra frente!

Parabéns pela força Nathy. Realmente, a liberdade começa de dentro para fora!

 

Divulgação canção "Não" - Foto: divulgação
Divulgação canção “Não” – Foto: divulgação