Ucrânia: mãe chora ao reencontrar filhos entregues a estranha na guerra [vídeo]

-
Por Rinaldo de Oliveira
Compartilhar
Imagem de capa para Ucrânia: mãe chora ao reencontrar filhos entregues a estranha na guerra [vídeo]

Um vídeo emocionante, gravado na fronteira da Ucrânia, mostra o momento em que uma mãe reencontra os filhos entregues a uma mulher estranha depois que ela fugiu da guerra no país, que está sendo bombardeado pela Rússia.

Ela conseguiu escapar rumo à Itália, mas o marido, ao tentar atravessar a fronteira com as crianças, foi barrado pelos soldados e teve que voltar. A lei marcial impede que homens entre 18 e 60 anos deixem o território ucraniano e os obriga a defendam o país na guerra.

No desespero, o homem, de 38 anos, entregou as crianças a uma mulher desconhecida e pediu que ela cuidasse dos filhos dele até o reencontro com a mãe. E foi isso que aconteceu (assista abaixo)

A desconhecida

Nataliya Ableyeva atravessou a fronteira neste sábado, 26, levando duas crianças: uma menina e um menino que ela acabara de conhecer.

Segundo matéria da agência de notícias Reuters, Ableyeva, uma mulher de 58 anos, estava na fronteira entre Ucrânia e Hungria, aguardando sua vez de atravessar, quando encontrou um homem e seus dois filhos em uma situação desesperadora.

Sozinho com os dois filhos e sem poder continuar, o homem entregou-os a Ableyeva e disse que a mãe das crianças, Anna Semyuk, estava viajando da Itália em direção à fronteira, para encontrá-los e levá-los para um lugar seguro.

Assim, ele deu a Ableyeva o número de celular de Semyuk, se despediu das crianças e ficou para trás.

O reencontro com a mãe

A mulher e as duas crianças, atravessaram a fronteira para a cidade de Beregsurany, na Hungria.

Lá, Ableyeva continuou ao lado das crianças, aguardando a chegada da mãe, próximos ao constante fluxo de refugiados que partiam para longe do conflito.

O vídeo mostra a mãe emocionada, abraçando seu filho, sua filha e, por fim, Ableyeva.

São vários minutos chorando junto com a mulher que garantiu a fuga de suas crianças de uma zona de guerra.

Onda de refugiados deixa Ucrânia

Nataliya Ableyeva e as duas crianças são apenas três pessoas em meio à verdadeira multidão que deixou a Ucrânia desde o início da invasão russa, na última quarta, 24.

Segundo o comissário do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, Filippo Grandi, mais de 150 mil refugiados ucranianos já atravessaram a fronteira para países vizinhos.

Só para a Polônia já foram mais de 115 mil.

A ONU estima que, se o conflito continuar, o número de refugiados pode chegar a 4 milhões.

Negociações para cessar-fogo

Ucrânia e Rússia se encontram em Belarus para discutir cessar-fogo.
Delegações dos dois países se reúnem pela primeira vez nesta segunda, 28,  para negociar o fim do conflito armado na Ucrânia.
Até o momento, segundo o governo ucraniano, 352 civis já morreram desde o início da invasão russa.
Países como Estados Unidos e Canadá, além da União Europeia, estabeleceram sanções econômicas contra Moscou.

Assista ao vídeo da mãe reencontrando os filhos:

Com informações de OPovo / Estadão