Após repercussão, coletor demitido é recontratado e agradece apoio de internautas

-
Por Jéssica Souza
Compartilhar
Imagem de capa para Após repercussão, coletor demitido é recontratado e agradece apoio de internautas
Doe pela chave PIX e-mail: coletor-lixo-demitido@sovaquinhaboa.com.br - O vídeo que levou Vitor a ser demitido foi compartilhado na rede social em abril Fotos: reprodução vídeo e arquivo pessoal

Lembra do gari Vitor Henrique Celestino, que foi demitido após uma simples brincadeira na hora do trabalho em Botucatu (SP) ? A notícia boa é que, após a repercussão da história, a empresa decidiu recontratar o trabalhador.

Em entrevista ao Só Notícia Boa/Só Vaquinha Boa, Vitor contou que representantes do sindicato passaram nesta segunda-feira (16) na casa dele e em seguida foram até a sede da empresa de coleta de lixo, onde ficou acertada a recontratação.

O gari que tem 5 filhos pequenos, sendo um bebê de 4 meses, também agradeceu ao carinho de internautas e à vaquinha do Só Vaquinha Boa, que será mantida para ajudar Vitor Henrique a ter um trailer, para ele ter uma renda extra aos finais de semana. Clique aqui para ajudar na campanha, ou doe direto pela chave PIX e-mail:
coletor-lixo-demitido@sovaquinhaboa.com.br

“O trailer vai ser muito importante para eu ter minha renda extra e quem sabe, se tornar minha principal renda”, disse.

Nota do sindicato

O Siemaco (Sindicato Específico dos Empregados nas Empresas de Limpeza Urbana, Áreas Verdes, Limpeza e Conservação) publicou uma nota informando que no Dia Nacional do Gari, juntamente com o apoio jurídico, conseguiram a reintegração do Vitor, “dispensado de forma absolutamente injusta e arbitária”.

O caso

O vídeo que levou Vitor a ser demitido foi compartilhado na rede social em abril e teve mais de 500 mil visualizações, porém, agora foi apagado.

No TikTok, ele aparece segurando um cano de papelão, olhando para os lados como se estivesse em alerta, enquanto seu colega retira sacolas de lixo da calçada para jogar no caminhão de lixo.

“Eu estava brincando de escoltar o caminhão, como se fosse um carro forte, como se as sacolas fossem dinheiro. Era uma brincadeira apenas. Eu recebi um comunicado de suspensão no dia 22 e, na sequência, fui mandado embora”, afirmou.

“A gente sempre trabalha brincando, rindo, se divertindo. Sempre tem uma dança, a gente sempre tá feliz, alegre. De repente, veio uma primeira advertência e logo depois a demissão. Essa foi a primeira advertência que eu tive nos meus dez meses trabalhando na empresa”, explicou Vitor.

A vaquinha

Vitor tem 5 filhos pequenos para sustentar, sendo um bebê de 4 meses. A esposa dele atualmente está afastada do trabalho, como zeladora, por conta da licença maternidade.

O gari disse em entrevista ao Só Notícia Boa/Só Vaquinha Boa que ele foi chapeiro durante muito tempo e tem vontade de recomeçar a vida com um trailer de lanches, para ter a própria renda.

Para dar essa força a ele, segue aberta a vaquinha no Só Vaquinha Boa. É só clicar aqui para acessar e ajudar! Ou doe pela chave PIX e-mail: coletor-lixo-demitido@sovaquinhaboa.com.br .

O bem sempre vence, obrigado a todos que de alguma maneira, se envolveram na missão de ajudar e apoiar o Vitor!

Nota do sindicato:

Foto: Siemaco

Foto: Siemaco

O vídeo do Vitor que viralizou: