Motivada pela irmã, jovem passa em Medicina estudando com aplicativo

-
Por Monique de Carvalho
Compartilhar
Imagem de capa para Motivada pela irmã, jovem passa em Medicina estudando com aplicativo
Samille se preparou por dois anos até conseguir ser aprovada em Medicina - Foto: arquivo pessoal

A estudante Samille Rosa Frohlich, de 18 anos passou em Medicina, após um ano inteiro de dedicação e hoje está comemorando a aprovação na Universidade Positivo em Curitiba.

Samille ganhou ainda uma bolsa de estudos para poder realizar o sonho de ser médica. Ela conta que a escolha pelo curso foi motivada pela irmã mais nova, com problemas de saúde.

“A gente ia com frequência consultar com um pediatra. Assim, acompanhar o cuidado desse médico para com ela, a sua preocupação com seu estado e a melhora do quadro clínico, me fez admirá-lo e querer isso pra minha vida”, disse Samille ao Só Notícia Boa.

A aprovação dela também foi comemorada pelo pessoal da edtech, que desenvolveu a Gama Pré-vestibular, um aplicativo que utiliza Inteligência Artificial para direcionar alunos em preparação para o vestibular.

Inspiração

A estudante contou que a admiração pelos profissionais de saúde começou na infância, quando a irmã dela teve que fazer um tratamento médico.

Na mesma época ela descobriu que também poderia ajudar pessoas a terem uma vida mais saudável e sem algumas limitações. “Brilhou os meus olhos”, lembra.

Ela contou que o primeiro interesse foi pela Pediatria, justamente pelo histórico da irmã, mas hoje quer se especializar em Neurologia.

Processo de estudo facilitado

Até a aprovação, a estudante contou com o suporte do pessoal do aplicativo.

Por meio de uma tecnologia própria a ferramenta identifica todas as lacunas de conhecimento que um aluno possui e então cria uma trilha de aprendizagem para que eleve o potencial ao máximo.

A ideia nasceu a partir de uma análise sobre método tradicional de ensino.

“Nosso principal objetivo hoje é democratizar a educação por meio da tecnologia e colocar o aluno no centro do processo de aprendizagem. Atualmente temos uma das maiores taxas de aprovação em cursos medicina do Brasil, com alunos presentes em quase todos os Estados brasileiros”, disse ao SNB João Paulo Coelho, sócio e presidente do conselho da Gama Pré-vestibular.

Nilton Sagrillo, fundador e CEO da ferramenta, também conta que o algoritmo, por ser escalável, permite que futuramente a empresa possa também criar programas para alunos do Ensino Médio e Fundamental.

Já para Samille, a ferramenta a ajudou a driblar as maiores dificuldades e, para ela, isso foi um diferencial muito importante

“Eu sou muito perfeccionista e exigente, aí era muito complicado encarar isso de frente, mas o aplicativo me ajudou muito nesse processo e com o tempo eu fui perdendo essa dificuldade”, contou.

Para conhecer mais sobre a ferramenta, acesse neste link.

A estudante comemorou com família e amigos a aprovação - Foto: arquivo pessoal

A estudante comemorou com família e amigos a aprovação em Medicina – Foto: arquivo pessoal