Primos que perderam os braços com pipa conquistam Mundial de Natação Paralímpica

-
Por Jéssica Souza
Compartilhar
Imagem de capa para Primos que perderam os braços com pipa conquistam Mundial de Natação Paralímpica
A natação entrou na vida deles como parte da reabilitação. Foto: @

Os primos brasileiros Samuel e Tiago Oliveira subiram juntos ao pódio do Mundial de Natação Paralímpica, em Portugal, sete anos depois de perderem os braços por causa de um acidente com pipa.

Samuel, também conhecido como Samuka, de 16 anos, ficou com a prata ao completar os 200m medley.

Tiago, de 21 anos, levou o bronze com o tempo de 3min15s01, depois do turco Koral Kutlu ter sido desclassificado.

Emoção

Os primos são de Campinas, São Paulo e a família toda se emocionou com a conquista.

“É um sonho que a gente tinha de ver os dois no pódio juntos. Não imaginava que isso seria tão rápido, porque a gente sabe que para chegar no mundial e ser medalhista é difícil. Deus sabe de tudo e realizou esse sonho que eles também tinham”, disse Jorge Ferreira, pai de Tiago.

A natação como um recomeço

Em janeiro de 2015, os dois garotos tiveram contato com fios de alta tensão enquanto tentavam tirar uma pipa de uma árvore usando uma barra de ferro.

Eles receberam uma descarga elétrica de 13 mil volts. Os braços precisaram ser amputados na altura dos ombros.

Foi então que a natação entrou na vida deles como parte da reabilitação.

Eles treinam juntos no Praia Clube, em Uberlândia, e estão no primeiro Mundial.

Parabéns, meninos! Vocês são um orgulho e exemplo de resiliência, foco e superação!

https://twitter.com/cpboficial/status/1537146528049074176?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1537146528049074176%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fd-16193221314158020896.ampproject.net%2F2206071918001%2Fframe.html

Com informações de Jornal O Precursor