Artesãos que viviam nas ruas se casam em praça no centro de Fortaleza

-
Por Jéssica Souza
Compartilhar
Imagem de capa para Artesãos que viviam nas ruas se casam em praça no centro de Fortaleza
Os artesãos se casam em uma das praças mais tradicionais de Fortaleza. A cerimônia era um sonho antigo dos noivos. Foto: Lucas Falconery

Um sonho antigo dos artesãos Janete Silva, de 35 anos, e Francisco Carlos, de 40 anos, se realizou na última quinta-feira (30). Eles se casaram em plena Praça do Ferreira, uma das mais tradicionais de Fortaleza, no Ceará.

A escolha do local não foi por acaso. O casal vivia em situação de rua na capital e foi nesta praça que a vida deles começou a mudar. Para a noiva, não haveria lugar mais apropriado e significativo para o casamento.

O casal está junto há 12 anos, e se conheceu em um projeto que ajuda a população em situação de rua na capital. Para a realização do casamento, os noivos tiveram o apoio de um grupo de voluntários, que conseguiu bolo, terno, vestido de noiva e tudo o que eles mereciam! O altar, inclusive, foi enfeitado com artes produzidas por Janete e Francisco.

Sonho antigo

O casamento já era um sonho antigo de Janete e Francisco, mas infelizmente as condições financeiras não permitiam a realização.

Os amigos formados na praça e um projeto social em Fortaleza então trataram de tornar esse sonho do casal em realidade. E do jeitinho deles!

O engenheiro civil Carlos Eduardo Renzi, de 31 anos, é um desses anjos da Janete e do Francisco. Membro do grupo Amigos da Rua Fortaleza, ele dedicou duas semanas inteiras no último mês para tornar que o casamento dos artesãos saísse perfeito!

“Tem vários grupos que ajudaram a organizar, porque o Carlos e a Janete são figuras icônicas da Praça. Eles ajudam muito com as filas, conhecem todo mundo”, conta Carlos.

A cerimônia foi celebrada por um padre e contou com a participação de amigos do casal, que lotaram a Praça do Ferreira. A festa, também na praça, foi organizada por meio de doações.

Nova vida

Janete e Francisco se conheceram no Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) do Bairro Benfica, na capital.

O espaço é referência para que qualquer pessoa em situação de rua possa procurar serviços de acesso à documentação oficial, Cadastro Único para programas sociais, realizar higiene pessoal, atividades socioeducativas e artísticas, entre outros serviços.

Desde então, eles têm se esforçado muito para mudar de vida e deixar as ruas de Fortaleza.

A venda de artesanatos feitos de palha, que é uma das mais tradicionais do estado, foi crescendo. Eles passaram então a vender as peças na Praça do Ferreira e, com o dinheiro conquistado, foi possível alugar uma casa e mudar de vida.

“A Janete é tudo na minha vida. Com ela, eu quis outra vida, quis mudar e vencer. É o meu amor e o presente de Deus para mim”, resume Francisco Carlos.

“Eu vivia em situação de rua, quando a gente se conheceu, e Deus honrou a gente com o dom do artesanato da palha e o aluguel social. Hoje Ele também está nos privilegiando com esse dia que eu estava ansiosíssima”, conta a noiva emocionada.

Veja fotos do casamento da Janete e do Francisco!

Olha a felicidade da Janete! Foto: Lucas Falconery

Olha a felicidade da Janete! Foto: Lucas Falconery

Foto: Lucas Falconery

Foto: Lucas Falconery

Foto: Lucas Falconery

Foto: Lucas Falconery

Com informações de Diário do Nordeste