Jurados elegem a melhor air fryer vendida no Brasil

-
Por Karen Belém
Imagem de capa para Jurados elegem a melhor air fryer vendida no Brasil
No teste, a Oster ficou como a melhor air fryer, vendida no Brasil, seguida pela da Philips Walita e a da Britânia. - Foto: Tiago Queiroz

Difícil escolher a melhor air fryer, não é mesmo? Por isso, no teste realizado pelo Paladar, diferentes modelos dessa fritadeira sem óleo foram avaliados por um júri especializado em frituras para definir a top-1.

Eles testaram cada equipamento com batatas fritas e frango a passarinho, para ver qual se saía melhor em sabor, crocância e funcionalidades. Além das diferentes aparências, as fritadeiras a ar variam em potência, tamanho e tecnologia utilizada para fritar sem usar óleo.

A que entregou os melhores resultados foi a da marca Oster, considerada por eles a melhor do mercado. Em segundo lugar veio a pioneira Philips Walita, e em terceiro a da Britânia. Veja o ranking abaixo.

Batatinhas crocantes ou murchas?

As batatas fritas e o frango à passarinho foram preparados seguindo as orientações de cada manual.

Em apenas 15 minutos, algumas air fryers entregaram batatas perfeitas, crocantes por fora e macias por dentro.

Os resultados em outras, segundo os jurados, foram “versões murchas, queimadas ou com características (inclusive o sabor!) de batata requentada”.

O ponto do frango foi difícil

Já com frango à passarinho foi mais difícil encontrar a textura e sabor que se espera de um frango frito. Aquela casquinha sequinha e crocante, sabe?

Os jurados destacaram que “a maioria entregou boas versões de frango assado, e não frito”.

Mas a verdade é que, apesar de serem chamadas de fritadeiras elétricas, as air fryers funcionam mais como fornos de convecção, utilizando ar quente para cozinhar os alimentos.

Ler mais notícia boa 

Veja o ranking completo:

1º Oster – Foi a grande vencedora, entregando as melhores receitas de batata frita e frango frito.

2º Philips Walita – Também se destacou no teste, entregando batatas crocantes e macias, e frango suculento com casquinha crocante. Só perdeu pontos devido à grade do cesto que grudou parte da pele do frango.

3º Britânia – Conquistou o terceiro lugar do pódio graças ao seu preço convidativo e capacidade do cesto. Com receitas de batatas crocantes e frango suculento, a Britânia se mostrou eficiente e de qualidade.

4º Mondial – Se destacou pela eficiência no preparo das batatas, mas no frango derrapou no desempenho, com pedaços da ave secos por dentro.

5º Electrolux – Apresentou desempenho diferente nas duas etapas do teste, com as batatas murchas, mas o frango suculento por dentro e com casquinha crocante.

6º Philco – Essa, por sua vez, não agradou aos jurados. Entregou batatas murchas e com sabor de “requentada”, além do frango com pontos queimados, o que deu um certo amargor.

7º Arno – Com a potência mais baixa entre todas as airfryers testadas, essa não atingiu as expectativas. As batatas ficaram pálidas e murchas, e frango com aspecto de assado.

8º Polishop – Teve um desempenho ruim. Sem cozimento uniforme, o frango saiu queimado e sem a crocância desejada, e as batatas com pontas queimadas, ou pálidas e murchas.

Os jurados analisaram o resultado do preparo de batatas fritas e frango à passarinho. - Foto: Tiago Queiroz

Os jurados analisaram o resultado do preparo de batatas fritas e frango à passarinho e escolheram a melhor air fryer vendida no Brasil. – Foto: Tiago Queiroz

Com informações de Paladar.