Repelente caseiro: afasta mosquito da dengue e zica

19360
Foto: Cura pela Natureza
Foto: Cura pela Natureza

O Brasil vive a ameaça do Aedes Aegypti – que pode transmitir dengue, febre chicungunya, febre amarela e o zica vírus, que estaria ligado a centenas de casos de microcefalia.  Mas você evitar que o mosquito entre em sua casa!

Além de fazer varreduras – tirar água parada de bandejas de vasos, pneus, latas e piscina sem tratamento – para impedir focos de reprodução, tem outra proteção importante: o uso de repelentes.

Como nem todos são seguros, principalmente pra grávidas e crianças – por serem carregados de produtos químicos altamente prejudiciais – a dica é fazer repelentes caseiros.

Entre as opções tem uma com cravo e outra com citronela, que contém essências que afastam os mosquitos.

O melhor é usar o óleo na pele, porque forma uma barreira física contra os mosquitos, como essência de lavanda, cravo ou citronela.

Algumas receitas espantam insetos, melhoram o aroma do ambiente e ainda viram objetos decorativos.

Receita Repelente Caseiro

Ingredientes:

  • 4 frascos de vidro
  • 40 gotas de óleo essencial de cedro
  • 40 gotas de óleo essencial de lavanda
  • 40 gotas de óleo essencial de limão
  • 40 gotas de óleo essencial de citronela
  • 2 limões
  • 2 laranjas
  • 8 ramos de alecrim fresco
  • Água
  • Velas flutuantes

Modo de preparo

Corte os limões e as laranjas em rodelas.

Ponha dois ramos de alecrim em cada vidro.

Reserve-os.

Coloque água em cada frasco (3/4 da capacidade total).

Adicione os óleos essenciais (são dez gotas de cada óleo em cada um dos vidros).

Agite suavemente para que os óleos se misturem.

Coloque uma ou duas rodelas de limão e de laranja em cada frasco.

A quantidade de rodelas vai depender do espaço, ou seja, do tamanho dos vidros.

Se o nível da água ficar muito baixo, você pode adicionar um pouco mais, até que os frascos fiquem quase cheios.

Por fim, coloque uma vela que flutua em cada um dos vidros.

Coloque os vidros nos locais de sua preferência.

Acenda e apague a vela quando necessário.

Mas nunca deixe nada inflamável perto deles.

Depois de três usos, o ideal é que você descarte o conteúdo do vidro, enxague os frascos e faça um novo lote.

Com informações do Cura pela Natureza.