Professores com filhos pequenos terão redução de jornada

902
Foto: reprodução / CCPR
Foto: reprodução / CCPR

Professores da UnB que têm filhos de até 2 anos, poderão ter a jornada de trabalho reduzida para 6 horas diárias.

A resolução foi aprovada pelo Conselho de Administração da Universidade de Brasília e vale tanto para mães como pais. Para conseguir o direito, basta o servidor fazer uma solicitação.

A proposta “incentiva e promove o aleitamento materno, a maior integração da mãe ou do pai e amplia o direito social não somente àqueles que geram, mas, também, àquele que detenha essa condição”, diz Diana Moura Pinho, diretora da Faculdade de Ceilândia.

A medida vale também para pais que adotaram seus filhos.

O texto da resolução deve estar disponível e vigente no início da semana que vem.

A redução de jornada não poderá ser atribuída ao servidor com cônjuge ou companheiro que goze de benefício idêntico concedido pela administração pública.

“A proposta que recebemos tinha enfoque na igualdade de gênero, mas optamos por privilegiar o direito da criança, não importando o gênero dos responsáveis”, disse a decana de Gestão de Pessoas, Maria Ângela Feitosa,

“Fico muito orgulhoso em apreciar esse parecer. A diferença resultante na carga horária não deve ser contabilizada como gasto, mas como investimento da Universidade”, acrescentou o diretor da Faculdade de Tecnologia, Antônio César Brasil.

O diretor da Faculdade de Direito, Mamede Said Maia, considerou que a aprovação da proposta reforça o papel de vanguarda da UnB.

“Cada vez mais teremos uma universidade diversa, plural, que compreende as necessidades da sociedade”, afirmou.

Com informações da UnB