Poder da música ajuda pacientes de Parkinson a andar

1295
Foto: reprodução / Vimeo
Foto: reprodução / Vimeo

A música está ajudando pessoas com Parkinson, que tinham dificuldade para caminhar. Elas estão conseguindo andar novamente!

O trabalho é feito por um aplicativo que adiciona batidas terapêuticas (padrões rítmicos isolados, como as batidas de um metrônomo) para estimular a sincronização dos passos e também aumentar a liberação de dopamina (principal neurotransmissor envolvido no prazer e no controle motor), o que ocorre normalmente quando as pessoas ouvem música.

O aplicativo que faz isso é o Parkinsounds, que foi o grande vencedor brasileiro de 2016 no Lions Health, com um Leão de Ouro e um de Prata na área Pharma, no mês passado.

Com um metrônomo digital, o app ajuda o paciente a encontrar seu ritmo ideal; depois, automaticamente, seleciona as músicas que sincronizam com aquela batida, nas playlists do Spotify.

“Da mesma forma como batemos o pé e balançamos a cabeça ao ouvir uma canção da qual gostamos, a música também promove novas conexões em áreas saudáveis do cérebro dos pacientes, estimulando a mobilidade e a coordenação”, explica Mauro Arruda, diretor-geral e de criação da Havas Life.

Parkinson é um “distúrbio neurológico degenerativo do movimento que vai muito além dos tremores. Apesar de não ter cura, a doença pode ser tratada e controlada para manter a qualidade de vida do paciente. Medicações adequadas e cirurgias no cérebro são capazes de melhorar muitos dos sintomas, mas não o passo. Caminhar torna-se cada vez mais difícil para um paciente, resultando em quedas, que são a segunda maior causa de morte por conta da doença”.

O Aplicativo está disponível para download na Play Store.

Veja como ele funciona:

 

Com informações do Meio&Mensagem