Tinta térmica da Nasa economiza energia elétrica em casa

1344
Foto: divulgação
Foto: divulgação

Uma tinta desenvolvida pela NASA é capaz de reduzir o consumo de energia elétrica em 60% em casas, indústrias e comércios.

A tinta, à base de água e micro-esferas ocas de vidro, é térmica, reflexiva, que pode refletir 99% dos raios solares.

Hoje existem várias empresas brasileiras que fabricam ou comercializam uma tinta térmica.

Dependendo do fabricante a composição da tinta pode mudar, mas essa tinta possui microesferas de cerâmica ou vidro ocas que prometem diminuir a temperatura interna da casa.

Ela é tida como a mais barata das soluções utilizadas nas obras de isolamento térmico.

A nova tinta tem propriedades semelhantes às convencionais e custa a metade do preço das espumas de poliuretano.

O efeito térmico dura cerca de cinco anos e a aplicação pode ser feita pelos proprietários.

O material pode ser aplicado em qualquer superfície, mas o efeito é intensificado quando a tinta é utilizada para revestir os telhados das construções, já que a parte superior recebe maior incidência dos raios solares.

No começo, os cientistas da NASA criaram a tinta térmica para ser aplicada em aeronaves, navios e tubulações, para diminuir o calor dentro destas estruturas.

Porém, a solução passou a ser comercializada em lojas de construção nos EUA e rapidamente se popularizou, já que a tinta térmica é mais barata e sustentável do que a espuma de poliuretano, material derivado do petróleo usado na maior parte das obras de isolamento térmico.

Veja como é a aplicação:

Com informações do ArquiteteSuasIdeias