Irmãs brasileiras doam milhares de chinelos a crianças pobres

Fotos: Projeto Compaixão|Fotos: Projeto Compaixão|||
Fotos: Projeto Compaixão|Fotos: Projeto Compaixão|||

Duas irmãs brasileiras estão ajudando crianças pobres do mundo inteiro que vão descalças para a escola.

Betty e Brenda (fotos abaixo) já doaram 20 mil pares de sandálias para países como Índia, Bolívia, Burkina Faso, Guiné Bissau, Haiti e Moçambique, além do Brasil.

A boa ação começou depois que as duas biomédicas participaram de uma ação humanitária em Angola, na África, há 4 anos – e conheceram a realidade dura da vida local.

“Na verdade ver crianças descalças por todo lado já era comum, mas não pra uma aula de dança. Não na areia quente. Não com pés feridos e sangrando. Não tão perto de nós”, conta Betty.

“Ali tentamos fazer algo, mas seria inviável. Não podíamos calçar uma criança e deixar outras 249 descalças. Não tínhamos como comprar 250 pares, já que uma Havaianas na região custava cerca de 40 dólares (Sim!).”

Na volta ao Brasil, elas compartilharam com amigos as necessidades das crianças e planejaram voltar ao país africano, mas dessa vez com chinelos para todas elas.

brasileiras-chinelos-close-2

brasileiras-chinelos-close-3

Campanha

Foi assim que nasceu a “Campanha Doe Chinelos”, em dezembro de 2012.

“Por meio das redes sociais nos mobilizamos para alcançar a meta de 250 pares”.

A campanha deu tão certo que os 250 pares se transformaram em quase 20 mil pares.

“Pela campanha iniciamos o Projeto Compaixão e desde então temos os ‘compaixonados’, um grupo de pessoas que se dedicam a melhorar a vida do próximo através de seus dons e talentos.”

A próxima meta do Projeto Compaixão é arrecadar 2.500 pares de chinelos, sendo que mil pares serão enviados para Moçambique, mil para Angola, 200 pares para crianças kalungas do interior de Goiás e 300 para a região da cracolândia em São Paulo.

Para doar, clique aqui.

brasileiras-chinelos-close-4

Com informações do RPA