1º ouro na natação das Paralimpíadas é do Brasil: Daniel Dias

637
Foto: Alaor Filho
Foto: Alaor Filho

O brasileiro Daniel Dias estreou nos Jogos Paralímpicos e faturou a primeira medalha de ouro.

É uma porta para se sagrar entre os melhores do esporte em número de medalhas.

Dias, que havia se classificado com a melhor marca nas eliminatórias pela manhã, foi o mais rápido da final dos 200m livres S5, categoria para atletas com alguma deficiência que atinja o tronco e duas ou mais extremidades.

Dias foi muito aclamado quando foi anunciado e apoiado durante os 2min27s88 que levou para vencer a final com um barulho ensurdecedor.

A medalha de prata ficou com o norte-americano Roy Perkins, cerca dede z segundos mais lento que o brasileiro, com 2min38s56; e o bronze com Andrew Mullen, com 2min40s65

Esta foi a primeira das nove provas que o brasileiro deve nadar no Rio.

Na “maratona”, Dias tem a chance de ser tornar o maior vencedor paralímpico entre os homens nos Jogos de verão.

Para isso, precisa superar o atirador sueco Jonas Jacobsson, dono de 17 medalhas de ouro – ele também compete no Rio e ainda tem três provas para disputar.

História

O nadador brasileiro já é o maior vencedor do país, agora com 11 ouros. Além do lugar mais alto no pódio do Rio, Dias também tem quatro ouros em Pequim 2008 e seis em Londres 2012.

Em total de medalhas, o atleta pode chegar a 24 conquistas no Rio – atualmente, tem 16, com quatro pratas e um bronze em Pequim, além dos ouros.

Essa marca o colocaria entre os quatro maiores nomes da natação paralímpica em número de pódios nos Jogos.

O recorde é da norte-americana Trischa Zorm, com 55 pódios, seguida pela francesa Béatrice Hess e pela alemã Claudia Hengst, ambas com 25. Todas já se aposentaram.

Inspiração

Dias começou a nadar inspirado por Clodoaldo Silva, ao assisti-lo pela televisão nos Jogos Paralímpicos de Atenas 2004 – o brasileiro, que acendeu a pira na cerimônia de abertura, foi o maior destaque do país naqueles Jogos, com seis ouros e uma prata.

Além dos 200m livre S5, o brasileiro está inscrito para competir nos 50m borboleta S5, 100m peito SB4, 50m livre S5, 50m costas S5, 100m livre S5, 4×50m livre misto 20 pontos, 4×100m livre masculino 34 pontos e 4×100m medley masculino 34 pontos.

Com informações da ESPN