Varejista recusa fornecedores que usam pesticida: proteger abelhas

562
Foto: domínio publico/abelha
Foto: domínio publico/abelha

A Costco, uma das maiores redes varejistas dos EUA, fez um anúncio importante para a natureza.

A empresa vai deixar de comprar produtos de fornecedores que usem pesticidas nas plantas, os chamados “produtos químicos não-essenciais”.

A medida é para proteger as abelhas que estão ameaçadas de extinção por causa dos agrotóxicos. E as abelhas são fundamentais! Elas são responsáveis por 80% da polinização dos alimentos produzidos na terra.

Polinização é o transporte do pólen de uma flor até a parte feminina de outra. É assim que nascem as sementes que produzirão uma nova planta.

Cerca de 85% das plantas com flores presentes nas matas e florestas da natureza, dependem, em algum momento, dos polinizadores para se reproduzirem.

O mesmo acontece com 70% das culturas agrícolas. Estima-se que 1/3 de todos os alimentos que chegam à nossa mesa tenham alguma dependência dos polinizadores para serem gerados.

Mas os pesticidas jogados nas plantas contaminam as flores. As abelhas quando pousam nelas carregam o veneno para as colmeias… e matam suas famílias.

E sem as abelhas, não teríamos vários alimentos na cadeia de frutas, verduras e legumes.

Decisão da Costco

A política de abelhas da Costco foi incorporada no “Compromisso de Sustentabilidade da Costco”, publicado em silêncio no site da rede, em dezembro.

A empresa está atendendo a um pedido da Friends of the Earth, que fez testes de produtos e enviou uma carta pedindo à Costco e a outros grandes varejistas que deixassem de vender plantas tratadas com neonicotinóides tóxicos para abelhas e removessem produtos que contenham esses pesticidas.

Alerta

No início deste mês, a EPA – Agência de Proteção Ambiental dos EUA – divulgou a sua Política Final para Mitigar o Risco Agudo às Abelhas a partir de Produtos Pesticidas.

A agência publicou avaliações preliminares de risco sobre polinizadores para os insecticidas:

  • neonicotinóides clothianidin,
  • tiametoxam
  • dinotefurano e
  • imidacloprid neonicotinóide.

“A decisão da Costco de limitar esses pesticidas que matam abelhas em plantas de jardim e aumentar sua seleção de produtos orgânicos demonstra que está ouvindo seus clientes e levando em conta a ciência mais atualizada”, disse Tiffany Finck-Haynes, Militante da Friends of the Earth US

“No entanto, sabemos que a Costco e outros varejistas podem fazer ainda mais para proteger as abelhas. Exortamos a Costco e outros grandes varejistas de alimentos a eliminar os pesticidas tóxicos polinizadores em sua cadeia de suprimento alimentar para enfrentar a crise das abelhas “.

Assism, a Costco junta-se a mais de 65 varejistas nos EUA que tomaram medidas para ajudar a proteger os polinizadores.

Outros grandes varejistas anunciaram planos para tomar medidas.

Até o momento, a True Value disse que está procurando eliminar os produtos neonicotinóides até a Primavera de 2018 e a Ace Hardware disse que está disposta a eliminar os produtos neonicotinóides até a Primavera de 2019, mas não abordou a eliminação de neonicotinóides em plantas.

“Ninguém quer comprar plantas para seus jardins que possam prejudicar abelhas ou outros polinizadores”, disse Finck-Haynes.

Com informações do GoodNewsNetwork e SNB