Rapaz com Down quebra preconceitos e entra na faculdade

880
Foto: Andréa Tavares / G1
Foto: Andréa Tavares / G1

Um jovem de 19 anos deu um tapa no preconceito e provou que pessoas com síndrome de Down têm sim capacidade para estudar e vencer.

Gabriel Gomes, de 19 anos, conquistou uma vaga em uma universidade particular de Natal, no Rio Grande do Norte. Ele vai fazer Educação Física.

Veja a prova da capacidade dele: Gabriel não teve correção diferenciada no Enem, Exame Nacional do Ensino Médio, e concorreu de igual para igual com todos os outros candidatos.

“Ele apenas teve acompanhamento durante a aplicação da prova”, disse a mãe do jovem, Márcia Gomes ao G1.

Inspiração

A escolha pelo curso foi do próprio Gabriel.

“Meu professor me inspirou. Eu já fiz futebol, futsal, judô, karatê, capoeira e natação”, conta, entusiasmado.

O sonho do rapaz é ser técnico de futebol. Ele é apaixonado pelos times do ABC e do Grêmio.

Para mostrar que é um estudante como qualquer outro, Gabriel quer participar do trote.

“Eu passei e quero raspar [os cabelos] sim”, comemora.

Dedicação

Para passar na faculdade Gabriel estudou muito.

Ele ia para a escola de manhã, fazia aulas complementares a tarde, e esportes no tempo livre.

Ah, como todo rapaz na sua idade, o estudante ainda tinha tempo para namorar.

Ele está há 8 anos com Mariana…

“Minha namorada ainda não sabe que passei, mas vou contar a ela”, concluiu.

Lindo, não?

Com informações do G1