24 horas sem notícia ruim nas redes: #DiaDaNotíciaBoa

1759
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Que tal ficar 24 horas sem notícia ruim nas redes sociais? 24 horas sem violência, sem tristeza, sem tragédias, sem provocações… sem preconceitos!

Topa? Então o desafio está feito! Nesta quarta, dia 9, vamos postar só coisa legal, só notícia boa nas redes sociais. Vamos fazer o #DiaDaNotíciaBoa.

Por que isso? É pra ter um dia de paz e mostrar que tem muita gente legal, muita coisa bacana e muita notícia boa acontecendo nesse mundo! Não é só tragédia!

Aproveitamos para comemorar o aniversário do SóNotíciaBoa, que completa 6 anos no ar.

A festa não será só nossa! Será de todas as pessoas que estão cansadas de notícia ruim.

Vídeos

Além de postar só coisa legal nas redes sociais, você também poderá aparecer na fanpage do SóNotíciaBoa no Facebook.

Ao longo do dia vamos postar vídeos dos leitores dando os parabéns ao portal pelos seus 6 anos no ar.

Pode gravar pelo seu celular mesmo…

Aí você manda para o WhatsApp do SóNotíciaBoa: 61-99693-9582.

Vem comemorar com a gente!

#DiaDaNotíciaBoa, quarta, dia 9 de agosto!

Como participar

  • Despreze qualquer notícia ruim que aparecer pela frente. Não curta, nem compartilhe.
  • Poste alguma história bacana com a hashtag #DiaDaNotíciaBoa – ou compartilhe uma notícia boa do nosso site.
  • Por último, curta tudo de bom que seus amigos compartilharem.

Pronto você já terá feito a sua parte para quebrar a corrente negativa que anda circulando por aí.

#DiaDaNotíciaBoa

O #DiaDaNoticiaBoa é comemorado desde 2013, no dia do aniversário do SóNoticiaBoa.com.br.

O movimento, que cresce a cada ano, vai fazer as pessoas enxergarem o que acontece de bom na própria vida, na vida dos seus amigos, na sua cidade, no país, no mundo.

A ideia é espalhar o amor: inspirar as pessoas a fazerem coisas legais, solidárias, atos de gentileza, de altruísmo, de carinho.

Anima? Então junte-se a nós nessa corrente do bem:  24 horas positivas nas redes sociais.

Dia 9 de Agosto: o #DiaDaNotíciaBoa.

Da redação do SóNotíciaBoa