Capital faz troca solidária: lixo por alimentos ou livros

-
Por Só Notícia Boa
Compartilhar
Imagem de capa para Capital faz troca solidária: lixo por alimentos ou livros
Foto: Divulgação

Mais uma iniciativa daquelas que merecem ser divulgadas, compartilhadas e copiadas: a Troca Solidária.

A prefeitura de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, está dando livros ou alimentos para quem levar materiais recicláveis.

O projeto piloto chamado Troca Solidária começou em dezembro último e trocava resíduos apenas por comida, mas deu tão certo que, em março deste ano, tornou-se um programa permanente do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) da cidade.

O projeto agora pretende também incentivar a população a ler, por meio da troca de lixo por livros.

Como participar?

Para participar do programa, basta levar ao ponto de coleta quatro quilos de recicláveis – metais, plásticos, vidros, papéis e embalagens longa vida.

Em troca é dado um quilo de hortifrutigranjeiros ou dois livros (doados pela Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais), sendo que uma das obras fica para o acervo da biblioteca de uma escola participante.

No último fim de semana houve edições do projeto em dois locais: em uma escola municipal do bairro de São José e em uma comunidade na Restinga.

Foram trocados 305 quilos de materiais por livros e, ao todo, doadas 557 obras literárias.

Elas foram distribuídas aos participantes e à biblioteca da escola que recebeu o projeto.

Além disso, o DMLU eliminou um foco de lixo no entorno da escola.

O lugar ganhou um jardim, que será cuidado pelos professores e alunos pra evitar mais lixos no local.

Fábrica de lixo

Em média, cada brasileiro produz um quilo de lixo por dia.

Em 2013, o Brasil jogou fora cerca de 76 milhões de toneladas de embalagens, restos de alimentos e outros materiais – 30% poderiam ser reaproveitados, mas só 3% foram para a reciclagem.

Com informações fdo HuffPostBrasil