“Nossa Voz”: vídeo é para ajudar famintos, não políticos

2952
Fotos: divulgação
Fotos: divulgação

O vídeo original “Nossa Voz”, que reuniu por 30 dos maiores músicos brasileiros, bateu 800 mil visualizações em duas semanas no Youtube. (assista abaixo)

A gravação não tem ligação com qualquer partido político – apesar de uma montagem sem autorização ter sido exibida no horário eleitoral gratuito.

O clipe foi criado para arrecadar dinheiro para a Instituição Amigos do Bem, ONG trabalha para acabar com a fome e a miséria no Sertão Nordestino desde 1993 e colocou como condição de que o material não tivesse vínculo político.

Assim, o valor arrecadado com as visualizações no YouTube será revertido para os projetos sociais da Amigos do Bem em áreas fragilizadas do país.

A música

“Esse é o país que eu quero construir. Com nosso povo andando de mãos dadas, nós vamos conseguir” é o refrão da música que critica problemas sociais do país, como a violência, a discriminação e a desigualdade, e pede por justiça.

Ela é interpretada por grandes nomes como:

Caetano Veloso, Michel Teló, Ivete Sangalo, Chitãozinho & Xororó, Sandy e Júnior, Paulo Miklos, Seu Jorge, Rogério Flausino, Maria Gadú, Gilberto Gil, Andreas Kisser, Rappin Hood, Thiaguinho, Luan Santana, Família Lima, Marcos & Belutti, Alcione, Paula Fernandes, Toni Garrido, Karol Conka, Projota, Negra Li, Rappin Hood, Elba Ramalho, Daniel, Tonny & Kleber e Allison Lima.

O clipe original, “A Nossa Voz”, foi lançado em 17 de agosto.

O projeto foi idealizado pela dupla Chitãozinho & Xororó, feito pela produtora Multivídeo, com doação dos direitos autorais para a ONG Amigos do Bem.

A música “Nossa Voz” é assinada por Xororó, Tonny, Kleber, Karol Conka, Projota, Negra Li e Rappin Hood.

O clipe foi dirigido pelo próprio Xororó.

Sandy e Junior cantaram juntos novamente depois de mais de dez anos desde que anunciaram a separação da dupla, em 2007.

“Estou muito honrada por fazer parte deste coro: a minha, a sua e as vozes de mais de 200 milhões de brasileiros serão uma só”, disse Sandy.

Assista:

Com informações do Estadão e Amigos do Bem