Óticas doam 9 mil óculos a crianças que enxergam mal na escola

1956
Os óculos do Joabe - Foto: SóNotíciaBoa
Os óculos do Joabe - Foto: SóNotíciaBoa

Se a empresa faz boas ações a gente divulga sim! As Óticas Diniz doaram neste sábado, dia 7, quase 9 mil óculos em todo o Brasil para crianças carentes que não enxergam direito e por isso vão mal na escola.

É o caso de Joabe Walace Rodrigues, que tem 8 graus de miopia. Aos 10 anos de idade, o menino está no terceiro ano na escola, já repetiu duas vezes e não sabe ler.

Órfão de pai, ele mora com a mãe outros dois irmãos na comunidade do Sol Nascente, uma das maiores favelas do Brasil. Apesar da timidez, ele abriu um largo sorriso quando colocou os óculos e começou enxergar e ler as letras que antes não enxergava. (vídeo abaixo)

Já a mãe, Suyelem Cristine Rodrigues, chorou ao assistir a cena do filho lendo e feliz.

A ação

Esta é a quarta edição do projeto Diniz Social.

Aline Diniz, responsável pelas Óticas Diniz em Brasília, contou que os custos do projeto são divididos entre os parceiros.

“As Óticas Diniz fornecem as armações, a Essilor dá as lentes e o Hospital Visão faz os exames nas crianças”, explicou.

A ação, que terminou neste sábado com a entrega dos óculos, começou muito antes, numa triagem feita nas escolas públicas.

“A gente triou 2.500 crianças em várias escolas do Distrito Federal. A gente foi com equipamento específico, viu as crianças que apresentaram alguma dificuldade e dessas 2.500 a gente pegou 100 crianças que o Hospital Visão atendeu gratuitamente e agora elas estão sendo beneficiadas com os óculos”, contou Aline.

Além das crianças que vão mal na escola porque não enxergam direito, o projeto mostra uma outra realidade do Brasil.:

“100% das crianças atendidas aqui, os pais não têm condição de levá-las a um oftalmologista nem de comprar um óculos. Todas passaram pela primeira vez por um oftalmologista”, afirmou Aline Diniz.

Assista ao vídeo do Joabe, de óculos pela primeira vez:

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube