Hemocentro faz parceria e bate recorde de doação de sangue no Carnaval

1894
Doador da campanha - Foto: Hemocentro de Goiás / divulgação||
Doador da campanha - Foto: Hemocentro de Goiás / divulgação||

Teve gente que pulou e outros que deitaram para doar sangue neste Carnaval. O Hemocentro de Goiás fez uma ação solidária diferente este ano e bateu recorde de doação de sangue.

Ao longo dos quatro dias do feriadão, foram 399 atendimentos, 269 bolsas de sangue coletadas, 190 cadastros para doação de medula óssea, mais três plaquetaféreses – que é a doação exclusiva de plaquetas.

O total de bolsas coletadas poderá salvar mais de mil pessoas, já que cada uma, em média, pode atender a até quatro pacientes.

O aumento nas doações foi gigantesco em relação ao ano passado, quando foram registrados apenas 20 atendimentos, com 14 bolsas coletadas.

A Ação de Carnaval do Hemocentro de Goiás contou uma unidade móvel em três pontos da capital e em Aparecida de Goiânia, em eventos religiosos e disponibilizou salas físicas de coleta de todo o Estado na segunda-feira de Carnaval e na quarta-feira de Cinzas.

Parceria

O bom resultado se deve a parceiras firmadas pela Hemorrede Pública de Goiás com a Arquidiocese de Goiânia e a Assembleia de Deus.

A igreja cedeu espaço para que a Unidade Móvel ficasse na Paróquia Sagrada Família no sábado, dia 22 de fevereiro; na Paróquia Nossa Senhora da Assunção, no domingo, dia 23.

Nos dias 24 e 25, a unidade foi para o Centro Cultural de Aparecida de Goiânia e no Goiânia Arena, no evento Jovens Fortes.

“É através de uma ação como essa que temos a certeza de que podemos ajudar os nossos irmãos, de que podemos juntos salvar vidas, porque doar sangue não é só vir aqui e coletar, doar sangue é doar vida genuinamente”, disse o padre Rodrigo de Castro, reitor do Santuário Sagrada Família.

Só o Santuário conseguiu mobilizar 93 fieis para a doação.

Nívea Maria conta que aproveitou o Carnaval para doar sangue pela nona vez.

“O sangue que nós temos é uma graça de Deus e pode salvar vidas. Essa é a nona vez que eu doo, meu sangue vai ser renovado depois da doação”, disse após doar na paróquia Nossa Senhora da Assunção.

O sangue

As 269 bolsas coletadas ao longo do feriado já estão sendo tratadas e serão distribuídas para unidades de saúde de todo o Estado.

“Nós conseguiremos uma marca considerável de vidas salvas graças à dedicação dos nossos parceiros nessa ação e, principalmente, de todos os doadores que vieram até nós doar um pouco de vida para quem precisa”, agradeceu a diretora geral da Hemorrede Pública de Goiás, Denyse Goulart.

Foto: Hemocentro de Goiás / divulgação
Foto: Hemocentro de Goiás / divulgação
Foto: Hemocentro de Goiás / divulgação
Foto: Hemocentro de Goiás / divulgação

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa – Com informações do Hemocentro de Goiás

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no: