Manobrista encontra carteira com R$ 1,5 mil perdida em ônibus e…

Samuel entrega carteira a Marco - Foto: divulgação
Samuel entrega carteira a Marco - Foto: divulgação

Honestidade sempre será notícia boa pra gente… pra inspirar! Em Petrópolis, no Rio de Janeiro, um manobrista encontrou dentro de um ônibus – quando fechava as janelas na garagem da empresa de transporte coletivo Cidade Real – uma carteira com R$ 1,5 mil.

Samuel de Souza Prata, de 41 anos, levou a carteira com o dinheiro para a administração e nesta segunda, 22, começaram as buscas ao dono pelas redes sociais e com a ajuda dos meios de comunicação da cidade.

Horas depois, o homem foi encontrado e Samuel fez questão de entregar pessoalmente o dinheiro e a carteira ao seu Marco Antonio de Oliveira, de 60 anos.

Seu Marco contou que está desempregado e o valor que estava na carteira era de um bico que fez durante a semana, mais o saque do auxílio emergencial do governo. Ele ia pagar dívidas.

Quando deu falta da carteira, o homem disse entrou em desespero. Mas tudo passou horas depois, quando ele se encontrou com Samuel.

Seu Marco Antonio agradeceu ao manobrista e à empresa pelo empenho em localizá-lo e disse que Samuel “foi uma pessoa enviada por Deus”. “Gratidão a todos!”, disse.

Seu Marco contou que estava sem dinheiro até para comprar pão para o café da manhã naquele dia.

Honestidade

O manobrista Samuel revelou que não foi a primeira vez que ele achou algo e devolveu.

Ele revelou que em outra ocasião encontrou R$ 2,8 mil na rua e conseguiu encontrar o dono para devolver.

O manobrista foi elogiado pela direção da empresa: “É uma honra contar com um quadro de colaboradores que possuem boa índole e agem de forma honesta”, afirmou Miguel Ângelo Vianna, gestor da empresa.

E Samuel mostrou o verdadeiro significado da palavra empatia:

“Nessas horas precisamos nos colocar no lugar do outro… Me sinto feliz e com a consciência tranquila por ter devolvido”, concluiu.

Documento e dinheiro encontrados por Samuel - Foto: divulgação
Documento e dinheiro encontrados por Samuel – Foto: divulgação

Com informações da Tribuna de Petrópolis e Diário de Petrópolis