Webinário gratuito reúne personalidades brasileiras

300
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um webinário gratuito para ajudar a pensar sobre a humanidade nestes tempos de pandemia: como isso pode transformar o mundo e o próprio ser humano?

“Conversas sobre perguntas” começa hoje e vai até o dia 18 de agosto e vai contar com grandes nomes do pensamento brasileiro.

O evento será sempre às terças-feiras, com mediação da jornalista Daniella Zupo. Nomes como o líder indígena Ailton Krenak, o economista e professor Eduardo Albuquerque e da administradora e professora Grazi Mendes.

Também participam a psicanalista Christian Dunker, a escritora Conceição Evaristo e a crítica de arte, Júlia Rebouças.

As palestras serão transmitidas nos canais do YouTube dos espaços culturais, com transmissão em libras.

O evento foi criado, promovido e financiado, em curadoria colaborativa, pela Casa Fiat de Cultura, Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB, Memorial Minas Gerais Vale e MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, integrantes do Circuito Liberdade.

Programação e temas

Dia 21 de julho, terça-feira, às 17h – Transmissão YouTube MM Gerdau

Conversas sobre perguntas com a futurista LALA DEHEINZELIN

“As faces do futuro: mudanças socioculturais, criatividade e inovação”

Considerada uma das cem mulheres do mundo a pensar “a nova sociedade”, a futurista Lala Deheinzelin discute as adaptações necessárias à vida nas próximas décadas. Desde 2008, o movimento criado por ela dissemina milhares de futuros desejáveis em quatro continentes, por meio de palestras, oficinas e experimentos criativos. Outra questão a ser debatida em sua participação no webinário diz respeito ao papel dos artistas – e de toda a área cultural – como essencial às mudanças a serem construídas a partir de agora. A seu ver, afinal, o artista é o “designer do mundo”.

Dia 28 de julho, terça-feira, às 17h – Transmissão YouTube MM Gerdau

Conversas sobre perguntas com os professores EDUARDO ALBUQUERQUE e GRAZI MENDES

“Outras economias – Inteligência artificial, modelos e futuro do trabalho”

Eduardo Albuquerque, economista e professor titular do Departamento de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e Grazi Mendes, professora em programas de desenvolvimento de lideranças e Head of People na ThoughtWorks Brasil, abordam os efeitos das revoluções tecnológicas sobre a economia global e o cotidiano dos trabalhadores. Além disso, discutem a inteligência artificial como tecnologia emergente, que impulsiona o reposicionamento e o futuro do trabalho e o comportamento das relações no ambiente profissional.

Dia 4 de agosto, terça-feira, às 17h – Transmissão Youtube Memorial Minas Gerais Vale

Conversas sobre perguntas com o psicanalista CHRISTIAN DUNKER

“Os novos desafios do eu – Psicanálise e vida pós-pandemia”

Psicanalista e professor titular do Instituto de Psicologia da USP, Christian Dunker comenta alguns dos principais dilemas e possibilidades do indivíduo em meio à reconstrução das formas de convívio. Em seu recente e-book, A arte da quarentena para principiantes (Boitempo), Dunker menciona que o Brasil é um dos últimos países no ranking de percepção da própria realidade. Para enfrentar tal problema, o pensador chama atenção para a importância de se investir em educação política, com ênfase nas humanidades.

Dia 11 de agosto, terça-feira, às 17h – Transmissão YouTube Memorial Minas Gerais Vale

Conversas sobre perguntas com a escritora CONCEIÇÃO EVARISTO e a crítica de arte JÚLIA REBOUÇAS

“Narrativas para novo(s) mundo(s) – Os lugares da cultura”

Escritora e ensaísta, Conceição Evaristo aborda a linguagem poética e outros modos de interpretar e dizer o tempo, os seres e as relações. Já a crítica de arte Júlia Rebouças analisa a relevância de novas proposições, visões sociais e construções coletivas para a cultura contemporânea. Discute, ainda, o papel das instituições culturais nos novos cenários.

Dia 18 de agosto, terça-feira, às 17h – Transmissão YouTube Casa Fiat de Cultura

Palestrante a confirmar em breve!

Veja como foi a do líder indígena, Ailton Krenak:

Por Andréa Fassina, da redação do SóNotíciaBoa