Cientistas descobrem vitamina que pode deter reprodução do coronavírus

Salmão selado com ovos benedict - Foto: Alexandra Grablewski
Salmão selado com ovos benedict - Foto: Alexandra Grablewski

Cientistas da Índia descobriram que a vitamina B12 é capaz de bloquear a reprodução do coronavírus. Não é a cura da doença, mas eles acreditam que a descoberta pode frear a multiplicação do vírus nas pessoas.

A descoberta foi feita por pesquisadores da Academia de Educação Superior de Manipal e do Centro Regional de Biotecnologia da Índia. Os resultados da pesquisa foram divulgados este mês na revista científica IUBMB Life.

Os cientistas fizeram um estudo para descobrir quais moléculas, entre produtos naturais e medicamentos, podem eliminar a poliproteína nsp12, presente no genoma do SARS-CoV-2 e responsável pela reprodução do vírus.

Eles descobriram que uma forma especial de vitamina B12 – a meticobalamina – foi capaz de inibir a reprodução das células do coronavírus.

“Esta substância pode ser utilizada como meio profilático em equipes médicas, pessoas idosas e pessoas com doenças concomitantes para diminuir a probabilidade de infecção e prover auxílio de emergência no hospital”, descreve a pesquisa.

O estudo publicado no último dia 18 ainda não é definitivo

Apesar de terem ficado animados com os primeiros resultados, os cientistas dizem que eles são parciais e que querem agora se aprofundar mais pesquisas no assunto.

Alimentos ricos em B12

A B12 é uma vitamina de origem animal. Ela é rica em alimentos como:

  • bife magro (fígado é uma excelente opção)
  • salmão
  • leite desnatado
  • coração de galinha cozido
  • queijo muçarela
  • atum
  • iogurte sem gordura
  • ovos
  • frango e
  • queijo suíço

Atenção

Não vá se entupir de vitamina B-12. O ideal é procurar um médico ou nutricionista.

Para pessoas vegetarianas e veganas, que não comem produtos de origem animal, existe a possibilidade de usar suplementos alimentares, mas é preciso ter acompanhamento médico ou nutricional.

A ingestão excessiva da vitamina B12 pode causar problemas à saúde, como alteração dos linfócitos.

Com informações da Sputnik e IUBMB Life